Editado por Alice Gonçalves . Tecnologia do Blogger.

#I'm Not Fucking Ok;

by - julho 06, 2011


A vida tem um sentindo. Nós nascemos para vencer, para conquistar e para deixar nossa marca no mundo. Nós temos a pá e temos de cavar até onde conseguimos chegar, com o nosso próprio esforço. É assim que é. 
E eu já escolhi o meu caminho. A minha marca não vai ser um hit, ou um personagem na tv. 
Ontem eu ganhei uma notícia. Uma notícia que pode começar a mudar minha vida. 
Ganhei uma oferta de publicação do meu primeiro livro. Sim, isso mesmo. Alguém se interessou por um livro meu. Bom, até aí, tudo bem. Saí gritando pela casa quase à uma da manhã e minha mãe pulou comigo e meu irmão me deu um abraço. Meu pai estava dormindo, e só foi desfazer minha felicidade quando acordou. Ele leu o parecer do cara da editora, e disse que tinha ficado feliz. Mas que não vai investir em nada. Ele simplesmente quer que eu me forme na faculdade antes de sair por aí publicando livros. É. Digo, eu entendo a preocupação dele com a faculdade - eu quero começar a fazer jornalismo. Porém, por que eu vou esperar quando as coisas podem acontecer agora
Eu chorei à noite e chorei hoje à tarde. Eu só fico pensando que talvez eu nunca vá mesmo ser escritora. Porque, tipo, de que adianta eu escrever, se não posso publicar? 
Eu já sabia que teríamos gastos - eu tenho conversado muito com a Gabriela para saber dessas coisas -, mas vetar o dinheiro só porque meu pai acha que as coisas têm de acontecer do jeito dele? E se, tipo, eu morrer antes de acabar a faculdade? E se eu tiver de amputar os dedos das mãos e nunca mais poder escrever? Será que ele não pensa nisso? Porque ficar adiando o meu sonho só me coloca mais para baixo. E não faz sentido esperar quando a vida está claramente me dando uma oportunidade. 
Ele quer que as coisas aconteçam do jeito dele porque não é ele que quer ser alguém na vida, não é ele que vem lutando há dezenove anos para ser reconhecido por algo. Beleza, vamos ver. Porque eu tenho o direito de ter um livro publicado. Sou eu que quebro a cabeça imaginando cenas e sou eu que passo noites e dias escrevendo sem parar. Eu mereço

Beijo beijo ;*

Nina H. 

You May Also Like

1 comentários

  1. Amiga, nunca deixe que os outros digam não ao seu sonho.
    Se você quer ser escritora, batalhe. Não se deixe abalar. Escreva milhões de e-mails para as editoras! Mande o livro para várias. Um dia alguém irá gostar da ideia e quando você for ver, já estará com seu sonho realizado.
    Nunca diga nunca :)

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pelo comentário! Que tal deixar o link do seu blog para eu fazer uma visita a você depois? :D



INSTAGRAM