Editado por Alice Gonçalves . Tecnologia do Blogger.

{2012}

by - dezembro 31, 2011

Ano novo, vida nova? Mais ou menos. Ao menos template novo! Quem gostou desse, comenta a sua opinião! Infelizmente eu tive que mudar, porque o antigo estava com uns probleminhas na caixa de comentários. Então, se esse ainda estiver com o mesmo defeito, não se acanhe e deixe uma mensagem para mim no face, bem aqui!

Antigamente eu gostava muito mais da virada do ano. Eu planejava coisas que realmente se cumpriam, eu ajudava bem mais as pessoas, eu cuidava mais. Hoje, nem tanto. Ultimamente não há muito significado para o Ano Novo para mim. Antigamente eu ia nas festas de família (e minha família é muito grande), e quando acabava a noite, me dava uma dó, um arrependimento por não ter aproveitado mais, ou talvez apenas fosse saudade das pessoas que ali estavam e que eu só veria no próximo dia 31 de dezembro. Muita gente já se foi e eu nem me despedi. E sei que muita gente ainda se vai e continuo pensando que não irei me despedir delas também. A cada ano que conquistamos, parece que aquele sentido da vida vai se esvaindo aos poucos, parece que ainda somos os mesmos, que não amadurecemos, que não fizemos nada de diferente. Hoje, só comemoramos eu, meus pais e meu irmão, pois agora moro em Porto Alegre e a minha família toda é do estado de São Paulo. E esse ano não verei ninguém de lá, porque passaremos as férias na praia. Fico pensando: "E se...", mas aí suspiro e deixo a frase no ar, porque é doloroso começar as frases com essas duas palavras. Porque elas nos transmitem um pouco de arrependimento. 
"E se eu morrer amanhã?"
"E se eu não for visitá-lo?"
"E se...?"
Meu coração palpita só de pensar nisso agora.
A verdade é que essas duas palavrinhas são uma maldição. E elas nos perseguem. E outra verdade: mudar é necessário, afinal, cada mudança é uma conquista. Se você não mudar, você não vai chegar ao fim da vida, não vai ter lembranças de como chegou onde queria. 

Então, antes de brindar e comer todas as gostosuras desse dia, pense: "E se?". Isso pode salvar muita coisa. Pode impedir um arrependimento, pode colocar uma pedra na mágoa e pode ser um catalisador de muitas risadas. Isso só depende de você. 

FELIZ 2012, QUERIDOS E QUERIDAS! *-*

Que todas os nossos desejos se concretizem nesse novo ano e que muita coisa boa aconteça em nossas vidas! 

Com todo coração,
Nina

You May Also Like

2 comentários

  1. toda vez que venho aqui fico babando esses layout que você coloca *-* esse tá mais que lindo, meeesmo. Adorei o post, e é verdade o meu ano novo não é mais tão animado quanto antes ): acho que é a idade, sei lá.
    Amei, Nina linda.
    Beeijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi, oi amiga (:
    Esse layout tá uma doçura, apesar de que o outro tava parecendo um cupcake de tão lindo.
    Adorei o seu texto sabe, e inclusive eu estou escrevendo uma carta enooorme sobre esse "e se", que eu me inspirei na carta da Amanda Seyinfield para a Claire, em Cartas para Julieta, filme que eu mais que amo, hihihi.
    Feliz Ano Novo assim mesmo (:
    Desejo que apesar de todos os "e se" a gente ainda possa continuar vivendo com alegria (:
    beijos beijos ;*
    Carol da Caixa http://caixa-a-a.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pelo comentário, mas, para evitar passar vergonha na internet, por favor, não seja machista, LGBTQAfóbico(a), ou racista. O mundo agradece :)

Qualquer preconceito exposto está sujeito à remoção.



INSTAGRAM