Editado por Alice Gonçalves . Tecnologia do Blogger.

{Resenha do Livro: Sussurros de Uma Garota Apaixonada - Mandy Porto

by - fevereiro 06, 2012

Humor: aliviado
Música: Demi Lovato - Give Your Heart a Break 

Bem, bem, bem. Finalmente mais uma resenha! Eu sei que estou devendo muitas resenhas, me perdoem D: Mas juro que todas elas estarão postadas, viu? É que às vezes não estou a fim de escrevê-las. E às vezes não tenho nem ideia do que escrever! Eu sei, complicado. 

Mas hoje é a vez do livro da Mandy Porto, aqui de Porto Alegre (minha cidade). Primeiramente tenho de contar a história de como resolvi comprar este livro. Eu sempre acho livros bons em outros blogs ou por meio das minhas amigas, e este livro achei ao acaso enquanto navegava na parte de livros da minha livraria favorita - a Cultura. Confesso que gostei do título de cara e assim que li a sinopse fiquei muito animada para adquiri-lo. 





Título: Sussurros de Uma Garota APaixonada
Autora: Mandy Porto
Editora: Underworld
Páginas: 243
Gênero: fantasia, sobrenatural


Sussurros de Uma Garota Apaixonada é narrado em primeira pessoa por Brooke Watson, a personagem principal. Ela acabou de entrar na faculdade de Stanford, para cursar Medicina. Ao contrário da maioria das garotas, Brooke não quer se envolver com nenhuma garoto e está decidida a apenas estudar e aprender. Mas claro que o destino acaba por mudar tudo o que Brooke planejou. Fascinada com as matérias novas e entretida em odiar alguns professores, sua professora favorita lhe concede um estágio no necrotério da faculdade, e logo em seu primeiro dia de trabalho, algo a surpreende - e quase a faz infartar. Um dos meninos que ela mais detesta está em uma das macas do necrotério! Danny Garcia, mortinho da silva! Abalada, ela tenta se desvincilhar daquilo, agir de forma profissional, mas tudo vai de mal a pior. Além de não conseguir esquecer o cara, Danny começa a assombrá-la. Ele aparece para ela, ora irritando-a, ora tratando-a quase bem. Confusa, Brooke só quer desvendar quem é o assassino, depois que outros garotos são atacados. Apesar de a maior parte do tempo odiar Danny, ela e ele terão de trabalhar juntos para descobrir quem é o serial-killer do campus. 

Fiquei mais animada pelo fato de a Mandy ser da minha cidade. A princípio, achava que o livro era até mesmo estrangeiro, mas quando li as orelhas do livro, percebi que se tratava de uma escritora de 21 anos, totalmente brasileira! A síntese do enredo é bastante consistente, mas a forma como a Mandy colocou os fatos me fez demorar muito para acabá-lo, porque o livro começou a me irritar. O fato de o serial-killer ser quem era, não foi nada tão brilhante assim. Foi quase comum. Não foi nada do tipo que vejo em Law And Order. E a explicação de por que o serail-killer agia também não foi tão substanciosa. E o desfecho foi a coisa mais absurda que já li, e olha que eu adoro livros de fantasy. Ainda que o final tenha sido feliz (como eu aprecio), confesso que quase não o entendi. A Mandy jogou o final como quem abre uma caixinha com um palhaço dentro: foi totalmente inexplicável. 

Depois deste livro, espero não ler mais nenhum outro dela. Aliás, uma coisa que me surpreendeu bastante foi o fato de a editora não ter nem se dado ao trabalho de corrigir os erros. Muitos erros de vírgula e de ortografia, coisas que eu detesto em um livro. 

Se você não gosta de histórias reais que se misturam hipocritamente com histórias sobrenaturais, esqueça este livro. Vá ler, sei lá, Nicholas Sparks ou Meg Cabot. Sério. Não vale a pena. E olha que até paguei bem carinho pelo livro, que é pequeno e que provavelmente irei doar para alguém. 

Nota: 

Com todo coração,
Nina. 

You May Also Like

1 comentários

  1. hUAUA
    O que é o poder da palavra. De morte ou de vida...
    Ai Nina, coitada da autora, se ela acha essa sua resenha periga de te processar... rsrs

    Mas o recado foi dado e não vou comprar o livro..
    É uma pena né?!Mas os brasucas ainda tem muito que aprender na literatura...
    Talvez embrenhar-se mais na nossa própria cultura,..sei lá..
    Valeu pelo alerta de qq forma.
    Bjus

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pelo comentário, mas, para evitar passar vergonha na internet, por favor, não seja machista, LGBTQAfóbico(a), ou racista. O mundo agradece :)

Qualquer preconceito exposto está sujeito à remoção.



INSTAGRAM