Editado por Alice Gonçalves . Tecnologia do Blogger.

#Muita Pimenta para você

by - agosto 24, 2012

Certo. Depois de ter passado quase um dia inteiro no hospital e depois quase mais um dia inteiro só na cama por causa de dor, finalmente estou "operante" o suficiente para escrever sobre as resenhas da Paula Pimenta! Carol, não precisa mais surtar!
Resolvi fazer uma supermegapostagem sobre a Paula, então paciência vocês aí!

Nesse primeiro volume da série FMF somos apresentados à Fani, uma mineira de 16 anos que tem um vicio incrível: colecionar e assistir filmes. Fani, a cada página, vai nos cativando de uma maneira que, quando percebemos, OPA, o livro já acabou. A narração em primeira pessoa e a característica leve e fluída da Paula são pontos positivos e muito agradáveis. Pessoalmente, prefiro narrações em primeira pessoa, pois, de certa forma, sinto-me na personagem e parece que a leitura fica muito mais prazerosa. E o mais interessante é a maneira como as relações interpessoais são abordadas. Nesse livro é dado mais foco à cegueira absurda da Fani para reparar como o Leo, seu melhor amigo, é apaixonado por ela. Claro que, como toda história de amor, ela só acaba por perceber que ele é afim dela, quando o Leo começa a namorar uma menina da turma deles. Depois de muito ciúme, desencontros, raiva e revelações por parte da fofa da Priscila, Fani tem ciência de que, sim, ela pode, finalmente, ficar com ele. No entanto, já é um pouquinho "tarde demais", pois Fani conseguiu um intercâmbio e passará um ano longe do Brasil. Será que esse amor é capaz de superar a distância?
> Estrelinhas: 

Fani, agora em Brighton - Inglaterra -, é apresentada a novos amigos que, rapidamente, se tornam necessários a todos os acontecimentos. Fani tem que tirar da mente seu grande amor que deixou para trás para poder aproveitar de verdade o intercâmbio. Depois de uma informação, ela tem a súbita vontade de retonar ao Brasil, porém, depois de perceber que ali tem muito apoio e que voltar seria uma estupidez, ela se rende e decide aproveitar a viagem do começo ao fim, ao lado de seus novos amigos. O que mais me prendeu ao livro foi o fato de, a cada página, sermos apresentados a lugares lindos, que dão muita vontade de fazer as nossas próprias malas e se mandar para a Inglaterra! Eu faria isso se tivesse dinheiro, afinal conhecer a Inglaterra é um dos meus sonhos. A medida que o fim da viagem é contada nos dedos, a lembrança de Leo retorna a todo instante na mente de Fani, que não sabe que decisão tomar. Retomar sua nova vida, ou continuar sua nova vida, porém no Brasil?
> Estrelinhas:



Agora, Fani já está em terras brasileiras e tenta tomar as rédeas de sua vida melhorada. Já no aeroporto, na sua chegada, Leo a está esperando para dar uma chance a eles. Porém, claro que não podia faltar alguns obstáculos. A princípio, o namoro está lindo e maravilhoso. Mas, depois de um tempo, Fani se vê sem tempo até mesmo para ir às estreias de filmes, pois está com a cara enfiada nos livros 24 horas por dia. Além de se ver estudando mais do que pode, seu namoro começa a ser afetado por conta dos ataques de ciúme de Leo - que me fizeram ter muita raiva dele. Então, Christian, ex-namorado de Fani, está para retornar ao Brasil, depois de concretizar seu sonho de ser ator. Fani se desepera e não sabe que medida tomar para se afastar dele. Porém, depois de muitos conselhos de suas amigas, Fani decide se encontrar com Christian, porém, o que não podia esperar é que Christian a beija no meio do shopping no qual foi se encontrar com ele. Como se já não bastasse as brigas com sua mãe por conta do curso que vai prestar no vestibular - Cinema, é claro; no entanto, sua mãe quer que Fani seja advogada -, Fani decide dar o próximo passo na relação com Leo, depois de ver uma das suas melhores amigas perder o namorado, pois quer aproveitar todos os momentos com o próprio namorado. Finalmente, Fani vê seu sonho se tornar realidade: conseguiu passar em Cinema. Então, depois de ter apagado todos os e-mails de Christian, ela descobre que a ânsia de ele se encontrar com ela era que lhe foi concedida uma chance de estudar Cinema em LA. E, então, Fani não sabe de mais nada. Qual poderia ser sua próxima decisão, se não sabe o que pensar?
> Estrelinhas:


Fani agora está mais do que habituada a Los Angeles. Recebendo uma visita de Gabi, que vai ficar para ver a conclusão de trabalho de Fani ser apresentada, é puxada muitas memórias passadas de Fani, desde a primeira semana instalada no novo lar. Essa é apenas a primeira parte, pois o livro foi seccionado em três: Fani, Leo e Leo & Fani. Descobrimos que Ana Elisa, Tracy - a irmã brintânica de Fani - e Christian se tornam inseparáveis, juntamente com Ale - um estilista que fala um portunhol todo embaralhado. Demorei muito a ler essa primeira parte, pois ela era "fani demais" e eu já estava me cansando. Então - depois de uma surpresa gigante no fim da parte anterior -, somos jogados à narração de Leo - que eu estava muito ansiosa para ler! Leo narra muitas cenas paralelas à que Fani já narrou anteriormente e que, aos poucos, vão começando a fazer sentido. Foram, justamente, esses "acontecimentos meio desconexos" que me conquistaram. Ficamos sabendo que a moça que tentou contatar a Fani acerca de uma entrevista por conta de seu trabalho de conclusão estar inserido em um Festival de filmes, é uma menina que trabalha na revista eletrônica que Leo e seu atual melhor amigo comandam. Leo convence o chefe da TV para qual trabalha a bancar viagens para ele poder entrevistar Fani com o único intuito de revê-la e conversar com ela sobre assuntos que nada têm a ver com seu filme. Já na terceira e última parte, as narrações são intercaladas; uma hora é o Leo que narra, outra a Fani. A diferença que senti entre a Fani de Antes e a Fani de Agora foi o que me levou considerar esse livro o meu preferido da série, pois nos outros volumes, a meu ver, a Fani era quase uma criança; muito chorona, meio covarde, meio indecisa. Porém, em FMF4, ela mudou drasticamente. Agora ela é uma adulta e deixa de ser aquela menininha sonhadora demais e bobinha.
> Estrelinhas:

Nessa nova série da Paula, somos apresentados a Priscila, que acaba de se instalar em BH. Seus pais se separaram e enquanto ela e sua mãe estão em BH, seu irmão e seu pai permanecem em São Paulo. A princípio, ela está muito revoltada por estar ali, sem amigos, sem metade de seus animais amados, sem seu pai e seu irmão. Porém, Marina - sua prima - lhe apresenta ao mundo dos seriados. E daí nasce uma paixão tão forte quanto a da Fani e seus filmes de amorzinho. Aliás, Minha Vida Fora de Série é contada três anos antes de FMF. Pri, compelida por sua prima, começa a frequentar o clube e se "apaixona" por Marcelo, garoto que parece ser tudo-de-bom. Depois de muito olhar para ele e esnobá-lo, ela se decepciona quando o conhece de verdade e jura nunca mais vê-lo de novo. Com o término das férias, Priscila ingressa à nova escola, onde, aos poucos, começa a fazer seus próprios amigos. Seu primeiro amigo é o Leo - que é muito mais divertido do que em FMF. Ela também conhece um garoto tímido e de olhos tristes, o Rodrigo, por quem, dia após dia, começa a enxergar com outros olhos. Cautelosamente, os dois vão se tornando amigos - especialmente depois de ele ter convidado a Priscila para conhecer uma ONG de animais. Depois da primeira aula de canto, Priscila se vê obrigada a se afastar de Rodrigo, porque Marcelo - aquele garoto do clube - começa a chantageá-la. Depois de saber que está magoando Rodrigo por nem ao menos dar uma explicação pelo seu distanciamento, ela tenta tomar coragem para se reaproximar mais uma vez. Pedindo ajuda à professora de Geografia, a Glorinha - eu amei demais essa professora! -, Priscila tem uma chance de retomar a amizade de Rodrigo. Pessoalmente, Minha Vida Fora de Série dá de 1000 a 10 em Fazendo Meu Filme. Enquanto Fani tem 16 anos e age como 13, é muito chorona e boba, a maior parte do tempo eu mal me lembrei que Pri tinha apenas 13 anos! Priscila é engajada na justiça para com os animais, é determinada e tem uma personalidade muito mais cativante do que a de Fani. Ah, e o Rodrigo? Só digo uma coisa: eu quero um Rodrigo para mim!!!
> Estrelinhas:


TANÃ, prontinho! Quem leu e amou, quem leu e odiou e quem quer ler... comente!

Love, Nina.

You May Also Like

2 comentários

  1. ufa....hAJA Pimenta!!

    Ow, que bom que vc gostou, esses livros estão na minha lista para 2012, mas eu ainda não li nenhum deles!

    Acho que tb vou gostar mais de Minha Vida Fora de Série. Apesar de que o livro 2 de FMF me chamar mta a atenção por ser na Inglaterra, minha total viagem dos Sonhos!

    Bjus Flor! E boa semana

    Gabis

    ResponderExcluir
  2. NINA, estou tão feliz por ler as suas resenhas/opiniões.
    Eu entendo totalmente o que você disse, tipo eu não gosto da Fani sabe, realmente que a considero infantil, justamente por isso a Priscila sempre foi a minha favorita ,desde o primeiro FMF, imagine-me quando li MVFS, É TUDO DE BOM, gosto demaaaaaaaaaaaaaaaais de MVFS. Mas FMF meu filme me cativa pela escrita da Paula, fico muito impressionada em ver como ela tem facilidade de levar a história na maior fluidez. Acho mágico, e a admiro ainda mais, por fazer tanto sucesso em um mundo dominado por escritores estrangeiros.
    Enfim, MVFS é o meu favorito dela, mas quanto ao FMF 4, eu só gostei por que tem a narração do Leo, apesar de ver a Fani mais madura, senti falta do cenário e tudo o que marcou tanto os outros livros.

    Beijos amore ;**
    Carol, http://caixa-a-a.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pelo comentário! Que tal deixar o link do seu blog para eu fazer uma visita a você depois? :D



INSTAGRAM