Editado por Alice Gonçalves . Tecnologia do Blogger.

#Resenha de Fiquei Com o Seu Número

by - março 27, 2013

Hey there! 

Hoje a resenha será de um dos livros que comprei no domingo. Espero que aproveitem!

Para começar a resenha divido com vocês que fazia MUITO tempo que eu não devorava com tanta avidez um livro. E a primeira palavra que surgiu na minha mente assim que o fechei, após tê-lo terminado foi nada mais nada menos que: "MARAVILHOSO!"

Porque, minhas queridas, este livro é simplesmente isso. Maravilhoso. Elegante, inteligente, divertido e, muitas vezes, impetuoso. Mas, acima de tudo, maravilhoso. 

Eu simplesmente não sou do tipo que diz "Só mais um capítulo". Estava eu às três da manhã o lendo, porque simplesmente não conseguia parar. Os capítulos voando diante dos meus olhos, e eu só conseguia pensar no quanto, a cada página, a pobrezinha da Poppy se ferrava cada vez mais. 

Poppy é uma fisioterapeuta que está de casamento marcado com Magnus. Ela está esfuziante pelo fato de isto estar realmente acontecendo em sua vida, mesmo que ela e Magnus apenas estivessem há um mês juntos quando ele a propôs. Porém, para dar uma leve sacudida na sua vida perfeitinha de quase-casada, acontece o que definitivamente não poderia nunca ter acontecido: seu anel de noivado desaparece. E Poppy simplesmente enlouquece. Onde procurá-lo? Quem poderia achá-lo? Será que tinha ficado com alguém? Será que o roubaram para pedir resgate? Poppy não sabe, mas está investigando todos os cantos do hotel onde está. Mas não é só isso. Se o anel estivesse perdido por ora, Poppy estava feita. Mas algo ainda mais inesperada e chocante acontece depois deste incidente: seu celular é roubado. 

Se Poppy fosse uma moça controlada e sensata, teria comprado outro aparelho no mesmo dia. Mas não se engane. Poppy não é uma moça controlada e sensata. Portanto, no auge do seu desespero, ela encontra um celular perdido no lixo. Pronto, problema resolvido! Todo mundo que está procurando seu anel de noivado pode ligar para seu número novo. 


Mas nem tanto. É justamente aí que tudo começa a acontecer e a dar errado. Ela descobre que seu novo celular pertence a uma assistente de um cara que trabalha em uma empresa. E este cara não está nada contente por saber que Poppy roubou o celular. No entanto, num acordo, ela diz que pode enviar os e-mails que chegam do empresário Sam Roxton para ele. 

Poppy, então, começa a dividir a caixa de entrada de e-mails com Sam. E a partir daí fica inevitável que ela, movida pela curiosidade, leia alguns dos e-mails dele. Do pai, da noiva, dos funcionários, de todo mundo. Com a situação fugindo de seu controle, Poppy se vê soterrada por cada vez mais problemas que ela não consegue controlar. Sua vida pessoal também não parece nada boa - seus futuros sogros não querem que ela se case com o filho deles e  alguém tem uma prova nítida que seu noivo não é tão perfeito como dá a entender. 

Sempre dramática e com as suas notas de rodapé divertidíssimas, Poppy me conquistou de cara. Ela é aquele tipo de personagem que você logo quer ter como melhor amiga. Diálogos recheados com muito sarcasmo e inteligência, Fiquei Com o Seu Número é VI-CI-AN-TE. Você não vai conseguir parar de lê-lo até chegar ao "Fim". Eu simplesmente ria que nem uma boba no meio da noite ou na frente da minha mãe perante as palavras tão encantadoras e incríveis deste livro. A leitura é rápida, mas não por ser infantil, mas porque dá para pegar o embalo do livro logo de cara. Eu me envolvi demais na história, gargalhei com todas as confusões que Poppy fez, rangi os dentes pelo fato de Sam ser grosso algumas vezes e não ser capaz de manter um diálogo longo com as pessoas.

Tenho certeza de que irei querer relê-lo várias e várias vezes

>> Estrelinhas: 


O que acharam da resenha? Vão comprar o livro, sim ou claro? Não deixem de comentar!

Love, Nina.

You May Also Like

5 comentários

  1. é incrivel quando eu desisto da fisioterapia e o destino coloca na sua mão um livro cuja a personagem é fisioterapeuta.
    Hahaha
    Destino estranho, mas felizmente realmente vou para história. Mas sobre o livro, realmente adorei a história, fiquei curiosa para saber como ela conseguiu resolver as coisas, se ela desnoivou ou não. Colocarei na minha lista do livros para comprar ou se você quiser me dá de presente, pode ser bem atrasado okey? é justo, mandei seu presente hiper atrasado D:

    haha, adorei sua resenha, continue lendo e resenhando, que vou ler sempre, e se der inspiração comento também -sob sua ameaça ou não hahahah-

    bjos flor <3
    http://livroeneblina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Nina, olha eu aqui! rs

    Achei super interessante a resenha, parece que realmente você se encantou com o livro!
    E quando eu vejo alguém tão empolgado com um livro assim, eu fico empolgada junto! Mas como estou sem muito tempo de ler (o que me faz uma falta IMENSA), vou colocá-lo na minha lista para leituras futuras!

    Beijos

    miragem-real.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Nina, você sabe que eu amo suas resenhas né??
    Pronto, agora quero ler esse livro! Já vi outros blogs falando sobre ele, e também curti os comentários, vamos ver quaaaando vou conseguir, faz tempo que não leio esses livros mais legais, hahaha.

    Beijos,
    Carol,
    http://caixa-a-a.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Estou curioso para ler esse livro já faz um tempo todos falam bem e que ele é hilário, em breve lerei ^^

    Beijos.
    Guilherme.
    http://umcompulsivoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu li três livros da linda Sophie Kinsella, mas confesso que prefiro Maryan Keyes, tanto que vendo dois livros pela metade do que eu tinha comprado. rsrs

    Beijos.
    clicandolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pelo comentário, mas, para evitar passar vergonha na internet, por favor, não seja machista, LGBTQAfóbico(a), ou racista. O mundo agradece :)

Qualquer preconceito exposto está sujeito à remoção.



INSTAGRAM