Editado por Alice Gonçalves . Tecnologia do Blogger.

#Tarde cultural

by - outubro 20, 2013

Ok.
É vergonhoso dizer que moro em Porto Alegre há mais de dez anos e nunca tinha visitado a Casa de Cultura Mário Quintana, nem o Museu da Comunicação. Mas ontem, por conta de um trabalho para a faculdade, eu e uma amiga, finalmente, percorremos o centro da cidade. E ainda quase fomos raptadas convidadas para irmos à Colômbia, por um dos artistas de rua, rs!

#1) Os artistas de rua.

Eu me apaixonei por esse cavalo 

Lindo, ou não? Achei geniaaal! *-*

Ok, devo dizer que tudo o que via queria levar pra casa? Perfeição demais!

Trabalho realizado pelo colombiano citado acima. Ele utiliza aqueles arames flexíveis e fez tudo na nossa frente. Na direita, vocês podem ver uma flor (o da minha amiga), e na esquerda uma estrela (o meu). E ele também nos fez anéis com uma nota musical. Apesar das cantadas e da insinuação de drogas, foi muito divertido. #partiu Colômbia.

#2) Na Casa de Cultura Mário Quintana. Pra quem não mora aqui (e claro que praticamente ninguém mora, rs), a Casa de Cultura era um hotel chamado Majestic no qual o Mário Quintana morava e, após sua morte, tornou-se o museu oficial dele. Porém, a casa não abriga apenas obras de arte: lá há cinema, teatro, livraria, além de incentivar projetos culturais para crianças e jovens.

Achei uma gracinha essa miniatura do escritor!

Essa obra parece totalmente nonsense, mas é uma das que achei mais geniais, 
pois além de ela ser visual é, também, auditiva. Essas caixinhas de sons pregadas nas 
paredes emitem a estática do ambiente e, ao fundo, uma trilha sonora de chuva 
complementa o objetivo dessa "coisa esquisita", rs.

Essa pintura me recordou aquelas fotos que revelávamos há muuuito tempo (na época das máquinas analógicas) as quais ficavam com esse aspecto.
Título da obra: Da série objetos mediados - Melancolia III

Achei muito interessante essa por conta do colorido. Além do mais, ali no meio há pequenos objetos de brinquedo que se misturam com o quadro. 
Título da obra: Destroyer Blade.

Lembra um pouco uma fotocolagem. Mas adorei, justamente por ser tão desconexa. 
Título da Obra: Metarmofose.

Tornou-se a capa do meu Facebook de tão amorzinha que essa foto ficou! *-*

Minha preferida da ala. Adorei o objetivo de pegar um pedacinho 
de cada lugar e construir uma só foto. 

Foto tirada do jardim, acho que terceiro andar. Fiquei encantada com essa igreja. 

#3) No Museu da Comunicação. 

Telefones antigos, os quais apenas vemos em filmes ou séries. 
Minha mãe disse que minha bisa já teve todos esses.

Mesa telefônica manual, datada de 1890, fabricada nos EUA. 
Descrição: esta mesa possuiu cem linhas telefônicas e era monitorada por uma telefonista, responsável por completar as chamadas. 

Câmaras filmadoras antigas.

Terminal computador, acho que da década de 80 (não dá pra ler muito bem ali na descrição).

Vídeo cassete da década de 80. Meu pai tinha um desses, me lembro muito bem. 

Uma graça de tevê, awn. Muito fofa. Muito engraçada atrás.

Toca discos com amplificador. Muito lindo, omg. 

Máquina que realizava a impressão dos jornais (não havia data). 
Vocês podem ver os tipos móveis. 

De acordo com uma aula de Introdução ao Jornalismo, essa máquina prensava as folhas dos jornais e era mais rápida que a anterior. Choquem: ela tem o tamanho de um carro. 
Não estou brincando.

~*~

Muitas tardes culturais pra vocês também, Nina. 

You May Also Like

2 comentários

  1. É realmente um pecado você nunca ter ido hein?? rs
    Mas adorei, caramba. As fotos mostram que realmente vale a pena né? Não só o museu, mas esses artistas de ruas também fazem um trabalho lindo!
    E sobre o museu da comunicação, que sonho!! Meu mundo aí pertinho de você hehe

    Beijos,
    www.miragemreal.com

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pelo comentário! Que tal deixar o link do seu blog para eu fazer uma visita a você depois? :D



INSTAGRAM