23 de fevereiro de 2014

#Resenha de Filme: Antes do Amanhecer

Hoje venho falar do primeiro filme de uma trilogia que acho que muitos já devem ter ouvido falar, pois ele é meio antiguinho. O filme é Antes do Amanhecer, uma romântica história iniciada na década de noventa. 


Título Original: Before Sunrise
Direção: Richard Linklater
Nacionalidade: EUA/Suíça/Áustria
Duração: 100 minutos.
Ano: 1995
Gênero: Romance

~*~

Jesse e Céline, os protagonistas, se conhecem numa viagem de trem. Ela está indo para Paris, e ele, voltando para os Estados Unidos. Depois de um incidente dentro do vagão, eles começam a conversar e percebem que compartilham muitas coisas em comum. Isso acaba geralmente um conflito interno em Jesse que teme nunca mais rever a moça, por isso propõe a ela que desçam em Viena para curtirem o resto das horas juntos. 

Céline acaba aceitando e, juntos, eles descobrem a beleza das ruas e da noite de Viena. Ela lhe mostra lugares que já frequentou, enquanto ele engata conversas longas sobre tudo. Suas conversas é o ponto positivo do enredo, pois são inteligentes e, mesmo algumas sendo um tanto quanto filosóficas, não deixam de ser interessantes. Eles debatem sobre Deus, sobre reencarnação, sobre coisas da infância, sobre amores do passado. E a cada conversa, eles se envolvem mais. Apaixonar-se um pelo outro é algo que lhes é natural, pois acontece gradativamente, não de uma vez. Esse é um ponto também muito positivo, pois o amor que nasce entre eles não é forçado, nem meloso. Muitas vezes, mais parece uma amizade enclausurada. É realmente tocante a forma como as conversas conduzem ao brotamento do amor. O amor deles floresce de um modo completamente leve e natural. 

As lições que aprendem um com o outro, por meios das conversas, apenas faz com que ambos caem nesse amor, mesmo sabendo que na manhã seguinte irão se separar para, muito provavelmente, nunca mais se rever. Esse ponto, a separação, é algo que angustia um pouco, pois por mais que nós, expectadores, saibamos que eles estão se divertindo pela noite de Viena é indubitável que a separação irá ocorrer. Os personagens falam sobre isso, e é por isso que decidem um prazo para se reverem. É claro que não sabemos, realmente, se eles virão a se reencontrar, mas é isso que decidem: dali a seis meses, na mesma plataforma, no no mesmo dia, na mesma hora. E, de repente, a despedida se torna muito menos pesarosa por um lado: se a promessa se concretizar, vai ser uma alegria; no entanto, por outro lado, nós, expectadores, ficamos loucos para conferir a próxima parte: o que pode acontecer? 

De humor leve, mas com uma lição ótima de você agarrar suas chances - afinal, e se cada um seguisse seu rumo? Com certeza, não nasceria uma história tão linda e tocante - tenho certeza de que esse primeiro filme vai te conquistar com a trama tão simplista quanto encantadora. 




Em breve, a resenha de Antes do Pôr do Sol (a continuação). 

Gostaram da resenha? Não deixem de comentar e se conferir o filme!
Love
Nina 

4 comentários:

  1. Amei a resenha! <3
    Sou suspeita, né? Sou apaixonada por esses dois e pela história deles!
    Espero que goste dos outros dois *-*

    Beijos,
    http://patriciapinheirotextos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Muito boa a indicação, fiquei com vontade de assistir :)
    Bjss

    http://www.estrelaminha.com/

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia esse filme, mas adorei a resenha, e fiquei curiosa pra ver!!

    http://livroinfinito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ahh eu preciso ver esse filme! Adorei a história! Vou aproveitar o feriado do carnaval para assistir! *-*

    www.corujaloira.com

    ResponderExcluir

Seu comentário é super bem-vindo. Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu o visitar assim que possível ;)