Editado por Alice Gonçalves . Tecnologia do Blogger.

#Resenha: A Teoria de Tudo

by - julho 04, 2014

Título Original: The Theory of Everything
Autora: J. J. Johnson
Editora: Nossa Cultura
Ano: 2012
Páginas: 340

~*~



Esse livro nunca esteve na minha whishlist. Eu o comprei totalmente por acaso, simplesmente porque o vi na prateleira e, analisando a sinopse, gostei do enredo. A princípio, achei bastante diferente e, por isso, até mesmo achei que fizesse mais a cara do selo Galera Record, porque é mais temático, cheio de desenhos e gráficos engraçadinhos em cada começo de capítulo. 

A Teoria de Tudo conta a história de Sarah, uma menina de quinze anos, que perdeu a melhor amiga num acidente dentro da escola. Sarah, mesmo depois de meses, ainda está abalada e não consegue mais se socializar como antes. Toma antidepressivo, por isso. Mas nada, nem mesmo o namoro com um cara rico e educado, a faz querer retomar a rotina de antes. Ela simplesmente se tornou alguém totalmente sarcástica para esconder a dor e a falta que sente de Jamie. Mas as respostas de Sarah sempre rendem boas risadas, o que é ótimo. Dá para entender a situação da garota: ela somente ainda não sabe como lidar com a situação. 

Sarah repele os pais, o irmão, o namorado e a sociedade e, para tanto, se mete em alguns problemas como matar aula e sair escondido à noite. Seus pais tentam ameaçá-la, dizendo que poderiam retirar as coisas boas dela, para tentarem fazer com que a filha tome jeito, mas nada realmente adianta. Sarah, então, se mete numa confusão com cara, quando sua cachorra foge para uma floresta. Ela já conhecia o Sr. Shawalter - vulgo Capitão Gambá - e, por isso, ela sente um pouco de medo, a princípio. Mas, quando ele descobre que Sarah realmente esteve em sua propriedade, Shawalter lhe oferece um emprego em troca do que perdeu: cortar árvores de Natal. Aos poucos, Sarah e Shawalter compartilham conversas e percebem que têm muito em comum. Assim, eles começam a se entender melhor e a criar um laço. 

Na sinopse fala bastante sobre a aproximação de Sarah com o irmão gêmeo de Jamie, mas no livro isso ocorre pouco. A principio, eu achei que eles teriam uma história romântica, mas percebi que não é bem assim. Sarah o vê como um irmão e nada mais. É claro que, aos poucos, eles se aproximam também, mas não é nada com segundas intenções. Emmet, o irmão de Jamie, ainda quer saber como sua irmã morreu e, por isso, Sarah meio que tenta fugir dele em algumas situações. 

Sarah, apesar de se manter afastada, é uma garota engraçada. A leitura é muito rápida por causa disso: a cada capítulo você fica querendo mais. Os personagens são bem construídos, cada um com suas qualidades e defeitos, mas sempre muito reais. Não são fantasiosos, ou forçados. Cada um nos conquista de uma maneira peculiar. O meu preferido é, sem dúvida, o Sr. Shawalter, não somente pela carga traumática que carrega, mas porque ele é do tipo caladão e gentil. Todo mundo acha que ele é uma espécie de vilão, mas ele se revela um cara bastante cativante. 

O que me ganhou mesmo foram nas ilustrações. Sentia falta de livros bem-humorados e distintos, por isso A Teoria de Tudo me conquistou totalmente. 


Love
Nina 

You May Also Like

3 comentários

  1. Não conhecia o livro, A Teoria de Tudo. Gostei de seu ponto de vista sobre o mesmo, acho que assim como você irie gostar. Adorei a ilustração.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Nossa, parece pesado e leve ao mesmo tempo. Mas o que? AHAHAHAHAH Esse chart bonitinho ganhou meu coração. Quero ler ♥

    Diary of Dreams

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pelo comentário, mas, para evitar passar vergonha na internet, por favor, não seja machista, LGBTQAfóbico(a), ou racista. O mundo agradece :)

Qualquer preconceito exposto está sujeito à remoção.



INSTAGRAM