Editado por Alice Gonçalves . Tecnologia do Blogger.

#Resenha: Mesmo se nada der certo

by - outubro 11, 2014

Quem ainda não está participando do sorteio desse mês clique AQUI. 
_______________

Oi, amigos!
Passo daqui para dividir com vocês uma resenha de um filme muito querido que tive a oportunidade de assistir esta semana!


Título Original: Begin Again (ou Can a song save your life?)
Diretor: John Carney
Nacionalidade: Estados Unidos
Duração: 1h44min
Ano: 2014

~*~

Começo aqui já dizendo que este filme foi produzido pelo mesmo diretor de Apenas uma vez (resenha aqui). Isso já basta para você ter uma ideia do que pode esperar de Mesmo se nada der certo. Sim, é um filme que fala de música. Sim, a trilha sonora é incrível. Sim, você vai amar. E aqui acaba a resenha, porque é tudo que você precisa saber.

Tô brincando!

Bom, Mesmo se nada der certo tem certas semelhanças com Apenas uma vez - e não apenas porque também trata de música, mas porque o enredo segue a mesma lógica de efeito. Aqui, há uma garota cantora. E ela é ótima. Só que ela canta para si mesma. Mas ela não contava com a perspicácia de um cara que já foi muito famoso e que, agora, está falido e é um bêbado que não tem mais o amor da esposa nem da filha.

Gretta era namorada de um cantor super pop (Adam Levine) e achava que iria ser feliz para sempre com ele. Até que, depois de uma viagem, ele chega em casa e coloca uma música nova para tocar, só que a canção não fala sobre o amor que sente por Gretta, mas, sim, por outra pessoa. E, pronto, é assim que a moça se vê saindo da casa do cantor e indo se amparar na casa (ovo) de um amigo, que também é músico. Esse seu amigo a convence a sair para espairecer, e eles acabam num bar, onde Gretta canta uma de suas músicas (chamada A Step You Can't Take Back, cantada pela Keira Knightley e que me conquistou logo de cara - detalhe: essa é uma das primeiras cenas do filme). Dentro deste bar, está Dan, um produtor musical que está perdendo o posto na sua gravadora. Ele não consegue gostar de nada há uns sete anos e odeia gente pop e "industrializada".

E é aí que a sua vida muda: quando ouve Gretta cantar. Ele, ainda bêbado, fica encantado com a mulher e decide abordá-la e convencê-la a ir até a gravadora para cantar. Ela aceita (afinal, ela não tem nada a perder). O sócio de Dan diz que Gretta tem um som muito cru e que precisaria de um CD para dar alguma chance a ela. Então Dan propõe uma parceria com Gretta: vai produzir um álbum com suas músicas, mas não num estúdio (já que ele não pode pagar), mas nas ruas da cidade.

Eles vão juntando gente interessada para tocar no álbum e, enquanto isso, Dan tem de lidar com suas dores do passado, e Gretta com sua decepção amorosa. Não há aqui, ao menos ao meu ver, toda a delicadeza de Apenas uma vez, já que os personagens são mais agressivos e têm problemas de verdade, ou seja, do mundo real. Ah, há muitos palavrões. E isso já nos dá uma ampla evidência do estilo do filme. Não dá pra falar que este filme não seja clichê, porque ele é. A conclusão da trama é tão óbvia quanto possível. Mas o filme traz pinceladas de superação e ascensão pessoal.

Dá para entender que, enquanto a música alegra os personagens pelas noites e nas próprias gravações do CD, a vida deles vai se ajeitando também. Claramente, é um filme positivo, pra fazer a gente sair do cinema pensando em coisas boas. Não achei um filme raso, nem bobo. Não é melhor do que Apenas uma vez, mas chega ser quase tão perfeito e tocante! Os personagens, ao meu ver, são bastante convincentes e passam muita veracidade. Gretta é a persistente autêntica (já dá pra perceber como jeito tomboy que ela se veste) e Dan é o legítimo fracassado que precisa de uma alegria na vida.

E o que dizer da trilha sonora? Tô super in love com ela! A voz da Keira é bastante suave e as canções são, em sua maioria, bastante calminhas. E o Adam, claro, é mais pop (tanto é que ele e ela cantam uma músicas igual, chamada Lost Stars, que eu SUPER recomendo nas duas versões!). Mas as minhas preferidas são A Step You Can't Take Back e Tell Me If You Wanna Go Home. Na trilha sonora oficial, há canções de Cee Lo e algumas antigas, como Luck Be a Lady, do Frank Sinatra.

Deixo aqui a trilha sonora composta pela Keira e pelo Adam:

           

Espero que tenham gostado!
Não deixem de comentar!


Love
Nina 

You May Also Like

7 comentários

  1. AAAAAA, ainda não tinha visto resenha sobre esse filme, quero muito ver! *-*
    Keira e Adam <3
    Adoro essas trilhas sonoras maravilhosas! A história do filme me agradou tbm, gostei muito da sua resenha ;)
    Bjbj
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Estou doida pra assistir esse filme por que tudo que já vi sobre o personagem de Mark Ruffalo me identifiquei. Também to achando uma gracinha a ideia de ver o Adam Levine explorando mais lado ator dele, será que ele é bom mesmo? rsrsrs
    Nunca assisti Apenas Uma Vez, mas já escutei a trilha sonora e não gostei muito o que me fez jogar a ideia de assistir de lado. Talvez eu devesse dar uma chance, pelo jeito que você descreveu parece ser até bem melhor do Mesmo Se Nada Der Certo, aliás, um tom de realidade faz qualquer coisa ser melhor. Gostei das duas resenhas, principalmente o fato de você ter feito comparações.

    girlsjust-wanna-have-fun.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Que legal!!
    Primeira resenha que vejo deste filme.
    Eu ainda não assisti, mas gostei de saber sua opinião sobre ele.
    Espero ver em breve.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Não conhecia o filme.
    Parece ser muito bom. Adorei a playlist ^^
    Dica anotada aqui.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook
    Tem promoção de Halloween lá no blog. Não fique fora dessa!

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o filme, mas achei um amor só pelo trailer, dica mais do que anotada!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  6. Oiii Nina. hahhah, vc gosta de roteiros com música neh??? Não conhecia o filme e nem o outro, mas gostei da sua resenha e fiquei interessada <3 , agora estou com uma listinha enorme de filmes q qro assistir, mas quem sabe quando der um tempinho neh? heheh
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Miga, eu fiquei louca por esse filme ( td que tenha o Mark no meio me deixa louca, e acho legal ver a Keira em papéis contemporâneos, apesar de achar que ela sempre fica bem como mocinha de época). Enfim, já salvei link aqui e vou ver no fds!

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pelo comentário! Que tal deixar o link do seu blog para eu fazer uma visita a você depois? :D



INSTAGRAM