14 de fevereiro de 2015

#Dicas para blogueiros: Resenhas literárias

Pois então. Mais uma "coluna" sendo inaugurada no blog, por motivos pessoais e, também, altruístas (sou Abnegação, gente! Tris, sua chata, vai logo pra Audácia e deixa o meu povo em paz!). Nunca planejei iniciar dicas para blogueiros, pois, apesar de eu já ter um caminho relativamente longo na blogsfera, nunca achei que tivesse muito o que passar adiante. Mas, agora, vejo que há muitos pontos precisam ser discutidos e dados como dicas para os blogueiros iniciantes (e mesmo para aqueles que já estão no "ramo" há bastante tempo, mas sempre querem melhorar. Afinal, a perfeição não tem limites).


O que é uma resenha? 
Resenha é a opinião da pessoa sobre uma obra, e não apenas um resumo de cada capítulo. 

Posso fazer um resumo do livro?
Há a possibilidade de resumir brevemente a história, atendo-se aos fatos mais centrais (sem revelar, por favor, spoilers). Mas lembre-se que resumir a obra NÃO É uma resenha. O que realmente importa, que é a sua opinião, vem DEPOIS disso. O resumo apenas serve apenas para o leitor se situar na storyline.

Na resenha-crítica (a.k.a a opinião do blogueiro) o que deve ser abordado?
Antes de tudo, todo blogueiro tem que ter em mente que NÃO se pode apresentar uma opinião que contenha apenas um parágrafo, pois dá, sim, para desenvolver os argumentos de forma plena. E mais: fazer uma crítica NÃO é conversar com o leitor. Crítico tem que se manter firme e impessoal. E por último: dizer sobre suas impressões sobre os personagens, algumas cenas e da história é fundamental e te dá mais credibilidade na hora de recomendar, ou não, uma leitura.

1) Os personagens: são eles que sustentam uma história. Portanto, é sempre muito bem-vindo falar sobre os eles. Você tem que dizer o que eles fazem inseridos na história, qual o propósito deles, qual a visão de mundo deles e qual é a personalidade deles, sem deixar, também, de apontar os lados negativo e positivo que eles carregam. Pense que você tem que analisá-los como um psicólogo o faria. Tem que entendê-los, entrar nas mentes deles.

2) A história: o autor conseguiu transmitir coerência (sentido) na narração? Soube desenvolvê-la? Soube usá-la a favor dos personagens?

3) A linguagem: ela é mais teen, ou mais adult? Ela conseguiu lhe convencer? Fluiu com facilidade, ou você teve de buscar o auxílio de um dicionário? É importante deixar claro o tipo de linguagem, pois pode atrair ou afastar tipos de leitores e nenhum deles gosta de se sentir enganado, ou deslocado na leitura.

3) Construção do texto: a história se passa no passado, presente, ou futuro? O autor utilizou-se de qual pessoa para narrar? Isso também é muito válido salientar, pois muitos leitores não se sentem confortáveis com a terceira pessoa (tipo eu #abafa) e é sempre bom avisá-los.

4) Capa: parece uma coisa supérflua de se abordar, não é mesmo? Mas é, sim, necessário. Diga se ela faz jus à história apresentada. Se a fonte é adequada. Se há capas de outras nacionalidades que mais lhe agradaram.

5) Revisão: alguns não levam isso em consideração, mas lembre-se que nem todo mundo sente-se confortável com erros desse tipo (eu, cof cof). Encontrou muitos erros gramaticais, textuais ou de diagramação? Fale sobre isso, sim! Não esconda de jeito nenhum!

6) Você na história: o que você acha que poderia ser melhorado, ou melhor trabalhado em cima do livro? O que não funcionou com você? E o que lhe agradou? Os personagens lhe convenceram? A história lhe convenceu?

Outros pontos:
1) Ninguém precisa ser perfeito na hora de escrever uma resenha, mas erros descredibilizam uma fonte, totalmente (alô, Jornalismo! #saudade). Por isso, invista em estudos sobre o Português. Imagine só você ser professor de Literatura e não ter lido os livros que serão ensinados para a turma? É a mesma situação, amigos. Quem trabalha com a língua portuguesa PRECISA conhecê-la! É fundamental! 
> Dicas sobre vírgula AQUI e AQUI
> Dicas sobre os porquês AQUI
> Dicas de crase AQUI
> O Dicionário Online de Português possibilita a busca de sinônimos e respostas para dúvidas de português - AQUI.  

2) Nunca se utilize do seu espaço para desmoralizar, ou desmerecer, ou ofender o autor e a editora do livro. E o contrário também é válido: você não precisa ficar bajulando a pessoa, nem a editora. Isso apenas te fará passar vergonha.


3) Plágio é crime! Nunca ache que vai se safar por copiar algum material já publicado, pois o lema dos blogueiros literários é: mil saberão o que você fez, outros mil contarão para o autor original da resenha e você passará muita, muita vergonha. 


4) Não tente agradar o autor ou a editora. Seja verdadeiro consigo mesmo, primeiramente. Não gostou do livro? Fale. Gostou? Fale, também. Não importa se sua resenha será positiva ou negativa, desde que seja sincera. Acredite, ou não, os autores agradecem. Não tenha medo, sério. 

________________

Abordei os pontos que considero mais importantes na hora de pensar e escrever uma resenha literária. Vocês podem conferir um material um pouco mais extenso AQUI, que utilizei para me nortear nessa postagem. E agradeço imensamente a disponibilidade e paciência da Karina, do Eu e minha cultura, por termos debatido por vários dias sobre o assunto e que me ajudou a organizar minhas ideias, também. 

Espero que quem estiver a fim possa melhorar suas abordagens e qualidades críticas! E eu estou sempre à disposição para qualquer um, viu? É só mandar um e-mail para mundodanina@gmail.com

Love
Nina 

22 comentários:

  1. Own, Nina <3 Sempre a fofura em pessoa. Senti-me representada com esse post, sério. Fico feliz em saber que você levou em consideração as minhas (muitas) reclamações direcionadas aos blogs literários e suas resenhas-entre-aspas. Não aguento mais ler resenhas onde o blogueiro utilizou apenas um parágrafo para expor sua opinião e usou o restante para falar do enredo, dando vários spoilers.

    E se algum blogueiro estiver lendo esse meu comentário, não se esqueçam da regra do vocativo, gente. Ele fica entre vírgulas sempre. Acredito que para ser blogueiro não precisa ser fera em Português, mas devemos, ao mesmo, saber a diferença de "mais" e "mas', além de saber a regra do vocativo (estou muito neurótica com essa regra, eu sei).

    E quanto ao plágio... Nunca vi ou tive um post plagiado, mas sempre achei isso horrível. Espero nunca estar envolvida nessa situação.

    Nina, mais uma vez, obrigada por ser tão paciente ouvindo as minhas reclamações pelo Facebook e estar apresentando-as aqui no seu blog. E que tenhamos sempre boas resenhas por essa blogosfera!

    Beijos,
    Karina do blog Eu e Minha Cultura.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Nina, achei esse post super válido! Sinto as mesmas coisas (angústia, indignação e por aí vai) quando leio resenhas de outros blogueiros e percebo erros grotescos. Talvez o que mais me incomode seja mesmo o erro ortográfico, pois até entendo se a pessoa não sabe muito bem a estrutura de uma resenha, já que ainda está no início do blog. A questão é que é inadmissível escrever várias palavras erradas ou não saber usar as regras de pontuação e acentuação. Tudo bem, eu também não sei escrever tudo certo, mas sempre que surge uma dúvida vou lá googlear e sanar essa questão. Como eu sou um desastre com crases (até entrei no link das dicas sobre isso), é frequente que eu pesquise sobre a acentuação correta de certas expressões.
    Enfim, eu gostei mesmo do post e até salvei nos favoritos para que eu dê uma olhada novamente na próxima vez que eu resenhar algo.

    Leitores Forever

    ResponderExcluir
  4. Adorei as dicas! Pessoalmente acho resenhas bem complexas de fazer, e você deu uma ajuda boa! Haha Beijos, Jú
    docurailusoria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Eu gostei muito das dicas que você passou aqui, e as do link que colocou pro Livros e Chocolate também. Eu concordo plenamente com você! Já tinha feito um post no estilo, mas para escrever fanfics. E pior que não tem tanta diferença, tirando pelo lado da crítica (afinal em fanfic ninguém está la pra avaliar nada). No lado da escrita é igualzinho: erros de português SEMPRE inadmissíveis, precisa ter metodologia e originalidade como pré-requisito, objetividade, e conteúdo de qualidade, e criatividade. Quando "ade" jaiajiajaija

    Bem, pelo lado da crítica você está mais que certa também. Não dá pra ser parcial. Gostou? Argumente. Não gostou? Argumente mais ainda. Nada de bajular ou detonar editora ou autor, é preciso uma crítica sincera. Afinal, se fôssemos o nosso leitor, gostaríamos de saber realmente como é o livro, pra tirar nossa opinião se vai ser viável pra nós comprá-lo. Os blogs não podem fazer propaganda enganosa.

    Apesar de sermos considerados pelas outras mídias como "amadores" (que bom que isso está mudando, né?) temos nossa credibilidade pra cuidar. E é por esse trabalho bem feito que nossos parceiros e leitores esperam. Assim, a internet na parte de blogs vai continuar tendo um conteúdo bom, e não medíocre e superficial.

    Ótima postagem!

    Beijos, Amanda!

    www.expressodenarnia.com

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Nossa, adorei as dicas sobre resenha, muito boas, ás vezes leio algumas resenhas que contem spoiler poxa, isso é realmente muito chato.
    Bom, com o tempo vamos pegando o jeito e conseguindo escrever melhor sobre os livros, ótimo post e ótimas dicas.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2015/02/resenha-star-wars-o-herdeiro-do-imperio.html?m=1

    ResponderExcluir
  7. Amei o post, essa atitude de ajudar pode melhorar muito os blogs de outras pessoas.
    Esse assunto devia ser tratado de forma mais importante, visito muitos blogs literários para ler resenhas e sempre tem aquele que não se importa com a escrita ou se vai ofender o autor ou a própria editora, eles com certeza não serão visitados de novo. Outra coisa que eu acho um absurdo e o essa historia de ficar copiando resenhas.
    1º Isso é crime ( Todos já sabem disso )
    2º Não é o seu trabalho e de outra pessoa que se esforçou para escrever.
    3º Se você não tem criatividade para escrever sua opinião, como quer ser blogueiro(a)?

    Todos antes de começar um blog devia ler matérias como essa.

    Beijos Nina.
    http://proximapagina-pp.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Adorei as suas dicas. Ainda não sou muito íntima das resenhas e tenho medo de pecar em algumas questões. Achei as suas dicas muito boas e tenho certeza que elas poderão não só me ajudar, mas também ajudar muitas outras pessoas. No começo realmente não é fácil mas depois a gente pega o jeito e vai melhorando a cada resenha. Está de parabéns!
    Ótimo post.
    Beijinhos.
    http://ressacamusiliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Adorei o post Nina! Até comentei agora lá no blog da Flávia (que você linkou no fim do seu post) e o primeiro ponto que avalio antes de seguir ou não um blog são os erros de português e se a resenha tem mais do que 2 linhas de opinião. Se eu quisesse saber toda a estória compraria o livro de uma vez.
    Ultimamente tenho lido as resenhas de blogs desconhecidos com os dois pés atrás, porque ODEIO spoiler e o que mais tenho visto é resenha com spoiler, mesmo que seja mínimo.
    Eu tenho um sério problema com vírgulas. Até abri suas indicações aqui para ver se melhoro! hehehehe
    Por mais que eu pesquise ou procure saber, eu sempre erro as vírgulas! :'(
    Parabéns, mais uma vez, pelo post!! :D

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  10. Oi Nina, sempre temos algo para passar para os outros, por menor que seja, ao mesmo tempo, sempre temos que estar abertos para novos ensinamentos. Obrigada por dividir suas experiências, e que a nova coluna venha para ficar.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  11. Post super válido, amei suas dicas, sempre procuro este tipo de dicas para melhorar cada vez mais meu blog, mas sei que ele ainda não esta 100% . Concordo que a resenha não é apenas um mero resumo da obra mas sim um resumo e a opinião de quem esta resenhando, eu quando procuro resenhas de um livro ou filme gosto de resenhas grandes (não enormes, mas grandes) porque é impossível fazer uma resenha que se preze( que fale da historia,local,capa,personagens,opinião...) em 10 linhas ,como eu vejo tantas por ai. Mas é claro como você disse não se deve aprofundar muito no livro para não acabar soltando spoiler (como já vi em muitas resenhas por ai) e acabar com a alegria do leitor de descobrir os fatos sozinho.

    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Nina, adorei seu post! Achei super válido pra ajudar quem está começando e até mesmo, como você disse, pra melhorar alguns pontos que muitas vezes nós mesmos não percebemos! Acho que o principal (e que mais me incomoda) dos pontos que você citou foi a questão dos erros de português... Às vezes vejo resenhas com erros leves e acho que isso é até normal, pode passar despercebido de vez em quando, mesmo revisando. Mas algumas possuem erros frequentes e mais graves, isso costuma incomodar bastante e, muitas vezes, parece que o autor nem teve o trabalho de revisar o texto! Nós, blogueiros, trabalhamos com a escrita, então isso é realmente muito importante!

    Parabéns pelo post!
    Beijosss
    http://bookspoison.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. São ótimas dicas. Pois uma resenha, além de mostrar a opinião de quem leu, deve ser esclarecedora. Afinal, leitores têm diferentes gostos, e uma boa resenha pode ajudar mesmo uma pessoa com gosto diferente do seu a decidir se lê ou não o livro.
    Já li resenhas que dedicavam 3 ou 4 parágrafos a fazer o resumo da história e apenas um para dizer que a história é ou não boa, sem falar sobre personagens, estilo de escrita, diálogos, etc. Ou seja, nada esclarecedoras!
    O que me ajuda é fazer um pequeno roteiro antes de começar a resenha de fato, listando todos os pontos que preciso discutir para não me esquecer de nenhum, e também para transitar entre um e outro com coerência.

    Abraços!
    Sonhos, Imaginação & Fantasia

    ResponderExcluir
  14. Oi Nina
    Dicas são sempre muito bem vindas. Eu melhorei bastante minhas resenhas, mas sei que ainda tenho um longo caminho a percorrer. Sempre que eu faço resenha de um livro de autor parceiro, eu envio a resenha antes para o autor conferir se eu deixei de citar algum ponto importante. Não mudo a minha opinião sobre a história, apenas acrescento algo que havia esquecido. Funciona bastante bem, pelo menos até agora. Eu morro de medo de dar spoiler nas minhas resenhas. Eu leio e releio umas trinta vezes antes de publicar kkkk.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir
  15. Amei essas dicas *_*
    Eu estava procurando dicas ora se fazer boas resenhas, visitei vários sites mas não achei nenhum com tanta informação quanto essa.
    Estou salvando essas informações no meu pc (segunda vez que faço isso com um post seu rsrs)
    Obrigado, serão muito úteis. Não só pra mim, mas tenho certeza que pra muitos outros blogueiros.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Gostei muito das dica, acredito que elas vão ajuda muitas pessoas, parabéns pela atitude. bjus http://luxuosoestilo.blogspot.com.br/2015/02/a-mais-pura-verdade.html

    ResponderExcluir
  17. Adorei as dicas, e acredito que iram ajudar muito.
    Realmente é muito chato ir ler uma resenha e nos depararmos com um resumão, e no final um parágrafo de duas linhas de opinião.
    Eu prestei bem atenção nas dicas que acho que serão boas pra mim também,
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá,

    Gostei muito das dicas...
    Quando faço uma resenha sempre tento transmitir o que eu senti ao ler o livro e não costumo puxar o saco de editora ou autor, claro que não denigro a imagem de nenhum autor, por mais que o livro não tenha sido do meu agrado, porque o tempo que o autor dedicou a escrever o livro e as expectativas dele não são algo que eu desconsidere quando faço uma resenha não tão positiva.

    beijos
    colecionando livros

    ResponderExcluir
  19. Oie, tudo bom?
    Perfeita essa ideia de dar dicas para blogueiros!
    Acho que a sinceridade é uma das coisas que devem estar sempre, incondicionalmente, independente de tudo, presente na resenha, acompanhada de educação! Não adianta falar, falar e não dizer nada! É preciso dar sua opinião, mas também ter bons argumentos acerca do que se está falando, porque antes de ter compromisso com autor ou editora parceiro, o blogueiro tem compromisso com seu leitor!
    Tem blogueiro que tem na cabeça que blog literário é sinal de que vai ganhar livro de graça e não é assim gente! O fato de você não pagar diretamente pelo livro, não quer dizer que seja de graça. Precisa ler, resenhar, divulgar, precisa ter responsabilidade!
    Mas enfim rs adorei mesmo seu post e agradeço muito por dar essas dicas! Beijos!

    http://resenhandoaarte.blogspot.in/

    ResponderExcluir
  20. Adorei suas dicas, Nina! Acho que quanto mais resenhas nós fazemos, mais nós nos desenvolvemos nesse quesito e melhor ficamos. O segredo é procurar se informar e escrever, escrever bastante!

    Ótimo post, querida!
    Um beijão, http://blogfloreando.blogspot.com.br/ <3

    ResponderExcluir
  21. Olá, Nina!

    Sabe como fiquei feliz ao ver a sua postagem? O termo "resenha" é utilizado de forma muito vasta, sem qualquer critério! E ai de você se comentar isso na postagem de alguém, rs. Tentei ajudar uma blogueira uma vez (e juro, fui totalmente cuidadosa) e ela me xingou de tudo quanto é nome, haha.

    Não digo que as minhas resenhas são perfeitas (já fiz algumas bem mais "formais" no passado, agora tento ser um pouco mais amigável, rs)... Mas os pontos principais devem estar lá. É crítica em todos os sentidos - desde o momento em que você bota os olhos na capa! Afinal, é um trabalho comercial e deve ser feito com qualidade, não é? Além disso, o nosso público-alvo é o leitor - resumo não ajuda ninguém (pelo menos, não sozinho :P)!

    Obrigada, de coração! <3 O seu conhecimento precisa ser divulgado, Nina!!!!!!!! *-* Espero mais postagens desse tipo, hein? :P

    Um grande abraço,
    Ana Carolina Nonato
    Blog Seis Milênios.

    ResponderExcluir
  22. Oi Nina, tudo bem?
    Simplesmente adorei sua postagem, eu por sinal gosto de revisar minha resenha várias vezes, mas sempre deixo passando um errinho besta. Adorei esse site de informações sobre a crase, pois tinha até pedido para você me ajudar com isso (rs), e ah, o que estou observando ultimamente é o maldito PLÁGIO! Alguns blogs que conheço foram plagiado por um blogueiro que copiou PRATICAMENTE todos os blogs, sério! E tipo, ele conseguiu parcerias a custa dos outros que não tinham conseguido, realmente o pessoal ficou revoltado com isso (e quem não ficaria, né?!). Novamente falo que gostei muito da postagem ♥
    Beijos,
    http://umgrandevicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seu comentário é super bem-vindo. Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu o visitar assim que possível ;)