28 de fevereiro de 2015

#Filme: Simplesmente Acontece

Simplesmente Acontece, o filme abordado na resenha de hoje, me chamou a atenção não pela história, nem por ser uma obra baseada no livro da autora Cecelia Ahern, mas somente por causa dos atores: Lily Collins e Sam Claflin. Não sou super fã de nenhum dos dois, mas, nos últimos tempos, tenho acompanhado os trabalhos de ambos e, por isso, vi-me curiosa para assistir a essa comédia-romântica (que já deixou de ser o meu gênero preferido). 


Título Original: Love, Rosie
Diretor: Christian Ditter
Ano: 2014
Nacionalidade: Reino Unido/Alemanha

Como supracitado, a obra fílmica é baseada num livro da Cecelia Ahern, chamado "Onde Terminam os Arco-Íris". Talvez, devido ao filme, o título foi alterado para "Simplesmente Acontece" (e a última edição até ganhou uma capa com os atores). O engraçado é que o livro estava na minha wishlist desde 2011 (sei disso, pois guardo todas as minhas listas de livros), mas, como toda leitora, sofro daquele probleminha de passar alguns livros na frente e, esse, ficou bastante esquecido. Somente agora, por exemplo, eu fiquei sabendo que a história escrita é em forma epistolar (por meio de cartas, e-mails etc). Ainda assim, escolhi assistir ao filme. 

A história aborda um casal de amigos, Rosie e Alex. Eles estão bem naquela fase de escolher suas carreiras e as faculdades. Bem no comecinho, toda a storyline já nos é apresentada: eles estão em uma festa e acabam se beijando, mas, para o azar de ambos, Rosie não se recorda de nada, no dia seguinte. Fica claro desde o começo que ambos se amam, mas, como quase todo filme desse gênero, muitas situações os separam. Alex, por entender que Rosie não deu a mínima para o beijo deles, convida Bethany, uma colega de aula, para o baile. Rosie também faz a mesma coisa: convida outro garoto para o baile, Greg. Como todo clichê americano, Rosie e Greg vão para cama após - ou seria no meio? - do baile. 

É a partir daí que tudo muda de verdade entre os protagonistas, pois Alex anuncia que conseguiu uma bolsa para estudar em Harvard (os dois são britânicos). Rosie e Alex já estavam planejando viverem nos Estados Unidos; ele estudando Medicina, ela, Hotelaria. O maior sonho de Rosie é construir um hotel só dela. E, infelizmente, todos os planos dela vêm abaixo, quando ela fica sabendo que está grávida. 

Rosie decide esconder a notícia de Alex para não impedi-lo de viajar. Como previsto, ele viaja. E, novamente, como previsto, ela tem de lidar com a gravidez recebendo apoio somente da família. A criança nasce e, tempos depois, Alex reaparece, já sabendo da história. Bem, como pode-se imaginar, Alex não fica na Inglaterra - não que Rosie peça, também. Ela simplesmente sabe que ambos têm suas vidas agora. E, desse modo, tudo segue em frente, aos tropeços como toda história do gênero. 

Diferentemente do livro, que narra a história de Rosie e Alex em um período de 45 anos, o filme tem uma linha do tempo de apenas 12 anos. Então, no começo, ambos tinham 18 e terminam com 30. As "puladas" no tempo, a meu ver, ficaram pouco convincentes, pois, esteticamente, os personagens pouco mudaram nesses 12 anos. À exceção do comprimento dos cabelos, nada realmente mudou. Esperava mais dessa parte, pois creio que em 12 anos as pessoas mudam muito e o filme não conseguiu acompanhar essas transformações de maneira mais objetiva. 

É bom ressaltar que a trama é bastante clichê, embora, às vezes, consiga surpreender por apresentar algumas reviravoltas. Mas, como toda história romântica clichê, há aquelas voltas e mais voltas que todo espectador sabe que somente estão no enredo para "enrolar" mesmo. Não que essas voltas, nesse filme, não tenham funcionado. Creio que a grande jogada foi que elas funcionaram devidamente e em nenhuma vez eu me senti irritada. 

Apesar de a trama cair naquele buraco das comédias-românticas, os personagens são o ponto alto. Rosie, ao contrário da mocinha romântica que fica à espera de seu amor, não se deixa abater por nada, especialmente devido à filha. Ela começou, sim, super romantizada, mas a maternidade lhe conferiu maturidade. Já Alex, apesar de ser um personagem masculino quase que comum, não me fez rolar os olhos por ser aquele tipo de cara que enfia os pés pelas mãos e que que acha que vai consertar tudo com o amor. Na verdade, senti que a trama é bem mais sobre Rosie do que sobre Alex, ainda que ele tenha seus momentos garantidos em muitas cenas. 

De forma geral, é um filme gostoso. Não dá para sentir raiva de nenhum personagem (talvez, somente do Greg), pois entendemos que cada um tem um papel diferente e que cada um ganha um destaque diferente justamente porque é o plano traçado. No entanto, houve um "espaço vazio" no meu coração quanto ao quesito da identificação, depois que acabei de assisti-lo, pois, apesar de toda a expectativa que eu sentia antes de vê-lo, ele não se tornou um filme marcante. 

Love,
Nina 

16 comentários:

  1. Assisti esse filme hoje e eu pessoalmente amei, tanto o livro quanto o filme. Amo clichês, amei o roteiro, tudo mesmo haha! Mas concordo que houve pouca mudança física em 12 anos, tinha reparado isso e talvez eles devessem ter investido mais na maquiagem e tals. Beijos, Jú
    docurailusoria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Ainda não assisti o filme e também nunca li o livro. Achei o enredo meio triste. Meio não, bastante. Essa coisa toda da gravidez da Rose e da separação deles deve ser algo bem marcante. Não sei porquê mas fiquei com um pouco de raiva dela :s
    Não é o tipo de filme que eu curto assistir mas tentarei dar uma chance a ele, apesar de toda essa confusão. Talvez essa confusão toda seja o que torna o filme mais interessante.
    Beijinhos
    http://ressacamusiliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá
    estou loucamente interessada tanto no livro quanto no filme, ouvi falar bem dos dois e espero gostar bastante, legal as escolhas do atores e a autora do livro é ótima, adoro os livros dela.
    Ótima resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. ...eu tô louco pelo filme e pelo livro! :(
    Preciso confessar que tenho uma certa queda por filmes clichês hahahaaaa
    Espero gostar! ^^

    Bjs Nina!

    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. A história parece ser legal e tenho visto muita gente falando sobre o filme ultimamente. A história não me atrai tanto, mas talvez eu venha a ler pra ter minha própria opinião e poder compartilhar também :) Espero que eu goste.

    Beijosss
    bookspoison.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, Nina!
    Também tenho interesse por esse filme por causa dos atores, mesmo que o gênero da obra não seja o meu preferido. Como sempre, sua resenha está incrível e ressalta pontos importantes da obra. Já tinha ouvido falar que a Rosie engravida, mas como nunca cheguei a ver um bebê nas imagens/trailers que vi, pensei que ela poderia ter perdido ou abortado o filho. Então, de certa forma, isso foi um pequeno spoiler para mim.

    Leitores Forever

    ResponderExcluir
  7. Hey.
    Como você falou no início da resenha, todo leitor meio que passa alguns livros na frente do outro e esse seria o caso aqui pra mim. Tanto o filme quanto o livro não me atraíram muito. Achei que a história em si não tem nada de especial e como você mesma disse não é muito marcante.
    Beijos.
    Dois Dedos de Prosa

    ResponderExcluir
  8. Eu o acho o ator um lindo, óbvio, e achei o filme bem simpático, talvez assistiria em casa, à tarde, com chuvinha lá fora... (vamos fingir que a professora aqui pode ficar nesta folga kkk). Amei a resenha, bjus
    https://livroarbitriodotco.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá Nina, não sabe como eu fiquei feliz por esta resenha e sua opinião em relação a este filme. Estou muito curiosa para assistir e fico feliz que tenha gostado. Espero assistir em breve.
    Beijos e muito sucesso!

    ResponderExcluir
  10. Olá, Eu li o livro e estou querendo ver este filme. Mas percebo que ficou diferente do livro. uma pena, pois a história é linda. Mas espero gostar assim mesmo. Geralmente me decepciono com adaptações. :(

    Beijinhos...

    http://livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oie, Nina.
    Não li o livro e nem vi o filme, também não pretendo fazer nem um dos dois. Talvez acabe assistindo, mas só por causa dos atores, como foi com você. No meu caso gosto demais, sou quase fã de ambos! s2
    Mas nossa, como a história é clichê. :X
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Fiiiiiiilmes! <3
    Adoro filmes!!!
    Beijao
    Gio - Clube das 6
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
  13. puts, fiquei curiosa para assistir e ler, parece serm beeeem fofo ♥

    ResponderExcluir
  14. Não acho que este enredo seja para ser marcante mesmo, aliás, eu não espero que seja, na verdade. Não li o livro ainda, mas espero conferir ambos.
    Bjs, rose

    ResponderExcluir
  15. Oii ainda nao tive a oportunidade de ler nem assistir esse filme, mas está na minha lista e no meu objetivo... uma pena voce não ter gostado tanto... parece ser lindo

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  16. NÃO CREIO QUE VOCÊ JÁ ASSISTIU o.O
    faz um tempao que eu quero ver simplesmente acontece e agora que lançou eu não arranjo temoo para ir ao cinema (#triste)
    De qualquer forma, ótima resenha, Nina, estou amando seu blog!

    Bjs, Juh.

    ◆naosepreocupecomisso.blogspot.com◆

    ResponderExcluir

Seu comentário é super bem-vindo. Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu o visitar assim que possível ;)