8 de março de 2015

#Filme: Preciosa

Assisti a esse filme abordado na resenha há alguns anos e ele me marcou de um jeito irreparável. Até essa semana, eu não tinha tido a oportunidade de re-assisti-lo. E, depois de revê-lo, o sentimento ainda é o mesmo. É um daqueles filmes de superação e de teor psicológico acentuado que, com toda a certeza, fica pairando na nossa mente por dias. 


Título: Preciosa - Uma História de Esperança
Diretor: Lee Daniels
Ano: 2010
Gênero: Drama
Nacionalidade: Estados Unidos
+  

Claireece "Preciosa" Jones mora no bairro Harlem (cuja fama não era nada boa, antigamente), em NY, no ano de 1987. Ela está grávida pela segunda vez e, por isso, é suspensa da escola onde estuda. A assistente social, então, consegue um programa novo para Preciosa, numa escola alternativa. Lá, a princípio, fica toda retraída, mas, conforme conhece as outras meninas, que têm problemas familiares e pessoais também, ela se abre a esse novo mundo. 

Preciosa é uma personagem privada de amor desde sempre. Quando engravidou pela primeira vez, foi porque foi violentada pelo pai. Isso é algo constante em sua vida. Ela também é repetidamente tratada como inútil pela mãe, que a abusa de variadas formas. É fácil inferir que ela é alguém muito sozinha e que carrega um emocional muito revoltado e frágil. Preciosa nunca fala sobre sua vida e sua melhor resposta para tudo é "Estou bem". Ela não pode dizer a verdade sobre sua família, pois há muita coisa envolvida por detrás disso, inclusive dinheiro e a guarda de sua primeira filha, a quem chama de "monga" (apelido pejorativo para "mongolóide", pois a criança tem Síndrome de Down). "Monga" fica sob os cuidados da avó, pois a mãe de Preciosa tem horror à criança. 

É fácil identificar os mais variados tipos de preconceito dentro do filme: racismo, especialmente. Palavrões fazem parte da trama de forma excessiva e expressões com "aquela vadia branca" são recorrentes. Preciosa, por ter nascido negra, acha que os negros e os brancos são pessoas completamente diferentes e que os brancos sempre têm privilégios e vidas ótimas. O fato de ser negra, pobre e gorda, ela acha que não faz nada bom na vida e que não há um lugar para ela no mundo. Mas, felizmente, quando ela entra em contato com a nova escola e com a nova professora, sua mentalidade se abre para novos conceitos e novos sonhos. 

Toda a experiência traumática de sua vida é recontada por meio de alguns flashbacks e algumas frases soltas durante o filme. O grande refúgio da personagem é sua mente. Sempre que está no meio de uma situação crítica, ela se imagina como uma super famosa. A identificação que ocorre com ela é imediata, não por conta das situações pelas quais ela passou (pois eu nunca passei pelas smesmas situações), mas devido à sua baixa-estima. Acho que qualquer pessoa, alguma vez na vida, passou por períodos assim, nos quais não acredita num futuro, nem que é amada. Preciosa, felizmente, descobre que, por mais que não seja amada por sua família, é amada por muita gente fora do âmbito familiar e essa gente é a grande responsável por sua força de vontade de procurar meios de se livrar de seus problemas. 

O filme expõe uma grande carga emocional. Por mais que a vida da personagem não seja parecida com a de muita gente, ainda assim, é fácil se apegar à ela, simplesmente porque há um enorme crescimento interior nela. Acredito que as melhores histórias sempre apresentam um personagem que, a princípio, é alguém imutável, mas que, conforme a narração acontece, ela se transforma, se revela e cresce. 

Como mulher feminista, eu acabei de assistir ao filme e fiquei pensando em todas as mulheres reais que têm vidas parecidas e até mesmo iguais às de Preciosa. Hoje se comemora o Dia da Mulher e a maioria das pessoas acha que precisa comemorar esse dia com flores e carinhos, esquecendo-se que ser mulher é muito mais do que isso. Que ser mulher é ser quem quiser e procurar por novas oportunidades de vida. Podemos, sim, comemorar este dia pensando não somente em nós mesmas, mas em todas as outras milhões de mulheres diferentes de nós, que estão batalhando por lugares melhores na sociedade e que precisam de ajuda e coragem para serem quem quiserem. 

Feliz Dia da Mulher para todas vocês! Lutem por seus direitos, sempre! Não aceitem serem rotuladas, abusada ou diminuídas! Vocês são e valem mais! 

Love
Nina  

22 comentários:

  1. Eu realmente amo esse filme,
    Ele tem uma história triste e ao mesmo tempo inspiradora, a força que a preciosa tem é algo absolutamente incrível.
    Adorei sua resenha sobre o filme, muito bem escrita e detalhista.
    parabéns e sucesso.
    beijos.

    http://comovejoomundo-br.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Com toda certeza deve ser um filme emocionante e com uma lição incrível. Tanta gente por aí que se sente excluída, desprezada pela sociedade e, nesse caso, uma mulher fora dos padrões consegue representar nossas próprias diferenças do "todo". Parabéns pela iniciativa de trazer essas inspirações nós leitoras e nos incentivar a ser mais do que nos dizem que somos.

    Bom, fugindo do assunto, eu falei de você em um post sobre músicas preferidas, pois tive que citar Goo Goo Dolls :)
    Esse é o link http://leitoresforever.blogspot.com.br/2015/03/post-especial-musicas-preferidas-parte-i.html

    ResponderExcluir
  3. É uma história incrível. O enredo é maravilhoso, comovente e os atores dão um show a parte. Infelizmente essa é a realidade de milhares de meninas.
    Também fiz um post sobre o tema hoje.
    Bjs, Isabella
    http://pausaparaconversa.blogspot.com.br/2015/03/dia-internacional-da-mulher-luta-por.html

    ResponderExcluir
  4. Olá =)

    Ainda não assisti esse filme, ouvi muitas críticas positivas, mas não tinha vontade de assisti-lo. Mas depois da sua resenha irei olhar para ele com mais carinho HAHAHAHAH Feliz dia das mulheres <3


    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá
    O seu post ficou ótimo, Preciosa é um filme muito interessante e é realmente uma pena imaginar que mulheres são tratadas como ela todos os dias e que no dia das mulheres apenas é que somos reconhecidas ou coisas assim, como se em outros dias não precisasse.
    Seu post está espetacular, que bom que gostou do filme.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Creio que esse filme seja lindo, emocionante e muito reflexivo. A data de hoje é para reafirmar o emponderamento feminino, muito importante esta postagem neste dia, parabéns, bjus!!!
    http://lendoaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bom??

    Assisti esse filme quando era pequena e achei bem pesado :( não sei se penso em revê-lo, mas quem sabe um dia.
    Feliz dia da mulher!
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  8. Eu vi o filme e vomitei muito... é muito bom, sem dúvidas, mas foi forte demais para mim :(
    http://poesianaalmaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, Nina! Nossa, fiquei pensativa com sua resenha. Este filme parece ser super forte, quero assistir. E já vi, que vou chorar horrores. Só espero que tenha um final feliz para Preciosa.

    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  10. Eu vi esse filme e ele mexeu demais comigo. Ok, sou chorona de natureza, maaas ele me fez ter um surto existencial praticamente!
    beijos
    cheireiumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Seu post foi emocionante!
    Foi uma ótima escolha de filme para o dia da mulher. Uma história de luta e superação.
    Adorei!

    Café com Letras

    ResponderExcluir
  12. Esse filme é muito forte. É uma história de muita luta e coragem, realmente inspirador para o dia das mulheres! Que essa reflexão dure o ano todo (e os próximos)

    Beijo!

    Luiza Liz
    Hello Liz - https://www.youtube.com/channel/UCHHOLxS27CM6-YZmclJfONw?sub_confirmation=1

    ResponderExcluir
  13. Olá, Nina!
    Este filme é lindo e emblemático!
    Muito boa a escolha para o nosso dia!
    Parabéns para todas nós, mulheres!

    Beijos!
    http://fabi-expressoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Nina!
    Sim, Preciosa é um filme incrível. Amei assistir e sempre que posso repito a dose. Faço isso tanto com ele quanto com Um Sonho Possível, que são filmes maravilhosos para nos mostrar o quanto o ser humano, independente do sexo, tem garra, coragem e força, se estiver disposto a lutar.
    Posso estar um pouco atrasada, mas feliz dia das mulheres! Não apenas ontem, nem hoje, mas que todos os dias para todas nós sejam felizes e que sejamos reconhecidas e respeitadas sempre.
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando ❤

    ResponderExcluir
  15. Tem filmes que assistimos para passar o tempo, e outros que vemos pela mensagem. este é o caso, o que é ainda melhor, pois de alguma forma ele nos marca e nos faz pensar.
    Bjs,rose

    ResponderExcluir
  16. Esse filme é simplesmente maravilhoso... muito lindo mesmo
    Intenso... só eu sei o quanto chorei assistindo.
    Gostei muito a sua postagem

    beijos
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oie, tudo bom?
    Feliz dia internacional da mulher atrasado. Esse filme é muito forte, mesmo que eu não tenha assistido ainda, Ele possui discussões importantes e faz com que a gente reflita sobre a vida e sobre as injustiças e preconceitos que existem. Espero que eu consiga assistir em breve.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Esse filme deve ser bem tenso e emocionante. Mas não tenho coração para ele não, Com certeza eu ia ficar bem emocionada e tudo o mais. Prefiro não assistir

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oiiii,
    Gostei muito do filme, porém é muito triste, quanto sofrimento a Preciosa passou :(
    Tenho muita vontade de ler o livro, uma das minhas metas de leitura desse ano.
    Beijos.

    http://ateliedoslivros.blogspot.com.br/2015/03/resenha-coracao-ferido.html

    ResponderExcluir
  20. Oi Nina! Quando esse filme foi lançado fiquei um pouco reticente em assisti-lo justamente pela história ser bem densa, daquelas que nos tiram da zona de conforto. Lembro que a atriz que interpreta Preciosa foi indicada ao Oscar na categoria de melhor atriz e tinha uma história semelhante a da personagem. Então, acho que isso além de ter colaborado na sua atuação, tornou as coisas mais profundas ainda. Nunca tinha lido até então uma resenha sobre o filme, e apesar de ter ficado chocada com a quantidade de realidade social que existe nele, fiquei bem interessada. Também concordo quanto ao ponto de vista sobre o dia da Mulher. Ele serve só pra enfatizar a importância da nossa luta constante e homenagear aquelas que lutaram antes de nós. Fiquei bem incomodada em ver várias mulheres com comentários machistas nas redes sociais sobre o significado do dia, e que podem soar inicialmente como uma brincadeira mas que na realidade só compactuam com a dominação machista que vivemos. Por isso, chegando aqui e sabendo a tua opinião, me alegra bastante. A luta é contínua e é diária. Grande beijo!

    ResponderExcluir
  21. Oi Nina, tudo bom?
    Não conhecia o livro e eu sempre me apaixono pelas indicações cinematográficas do seu blog, viu?! HAUHAUAHA. "Precisa" me aparenta ser uma história bastante interessante! Tema com preconceitos me interessam e também ser apegado facilmente a personagem ♥ Essa foi uma boa indicação para o dia das mulheres (feliz dia das mulheres)! Me deixou curioso, espero assistir brevemente :)

    Beijos,
    Luan || http://umgrandevicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi, Nina! Seu post ficou incrível. Gostei muito da resenha, de verdade. Há anos que eu quero ver esse filme, mas sempre deixo "para depois", pois sei que não é uma história fácil e que vou sair com a sensação de ter levado um soco no estômago. Enfim, deve ser sensacional e quero ver se assisto ainda esse ano. Chega de adiar! haha Adorei a relação que você fez com o dia da mulher. É preciso seguir esses exemplos!! Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário é super bem-vindo. Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu o visitar assim que possível ;)