2 de agosto de 2015

#Além das palavras: Storytelling

Além das palavras é um projeto que há muito tempo eu queria começar sobre assuntos relacionados à criação e à criatividade. Desde que entendi que poderia ser criativa através das palavras escritas, gosto muito de ler e aprender sobre a criatividade. E, apesar de muita gente não se considerar criativa, é comprovado que todos são capazes de serem criativos! 


A postagem de hoje vai abordar o Storytelling
Decidi abordar esse assunto, pois nas férias fiz um curso de dicção, oratória e desinibição proporcionado pela minha faculdade e, no último módulo, fizemos dinâmicas utilizando esta prática. Achei interessante e importante dividir o meu aprendizado com vocês :) 

O que é? 
O Storytelling nada mais é do que a prática de construir narrativas.

Qual o objetivo?
Auxilia na comunicação e educação, sempre tentando provocar emoções a quem a está ouvindo/lendo/vendo. 

Como funciona?
A partir do engajamento, a identificação do receptor da história torna o Storytelling uma prática que, em muitos casos, é considerada viral. Como dito, o ponto central é encantar quem está recebendo a história, portanto é de suma importância que ela seja o mais coerente possível, sempre explorando suas variadas formas, implicações e conceitos. 

Onde pode ser usado?
Os meios são muitos. O campo mercadológico utilizada bastante para vender produtos ou serviços. Como auxilia na comunicação, pode ser testada diariamente em reuniões, conversas pessoais, apresentações, negociações etc. No mundo corporativo, é uma grande ferramenta para envolver, interagir e se aproximar de clientes. 

Bruno Scartozzoni, professor de storytelling na ESPM, ilustra como organizar essa prática: 


Como iniciar e desenvolver a história? 
Utilizar palavras como "Era uma vez" pode tornar sua história muito clichê, por isso, é importante ser criativo. Policiar-se nos vícios de linguagem (daí, então etc), pois pode atrapalhar na atenção de quem está escutando/vendo/lendo. É sempre bom pensar que sua história precisa ter um desfecho que provoque a reflexão e que atice a curiosidade, de modo que você pode deixar no ar uma "moral" implícita. 

Como contar?
Falar com intenção e mostrar segurança valida bastante a sua história. É importante fazer gestos moderados, fazer contato visual (não precisa olhar diretamente nos olhos; caso não se sinta confortável para tal, utilize o olhar amplo ou o desvie para o fundo da sala de vez em quando), module sua voz de acordo com o que está dizendo (seja enfático, por exemplo) e empenhe-se para expressar emoções em seu rosto. Se a história pedir certo humor, poesia, ritmo, não tenha medo de investir nisso. 

Outros exemplos de Storytelling: 
> O comercial Eduardo e Mônica da Vivo.
> O comercial Real beleza da Dove.
> O comercial Feliz Natal (2013) do Zaffari Bourbon. 
> O comercial A história de Sofia da Panvel. 

Em breve, mais Além das palavras para vocês! ;) 

14 comentários:

  1. Gente, que texto mais interessante do mundo! Sério! Adoro estes textos que explicam as teorias por trás da escrita. Acho que as pessoas devem sentir que escrever não exige técnica ou planejamento, né? Que é só sentar e sair digitando, ou coisa do tipo. Mas escrever tem uma série de implicações e acho que este seu texto deixou isso super claro.

    E ah! Peixe Grande <3 Amo esse filme e realmente é um excelente exemplo de storytelling!

    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  2. Olha como está esse cantinho genteeee! Quanto tempo...
    Amei Nina. Está perfeito!
    E ah, sobre o post, tô aqui do outro lado até agora querendo saber mais e mais sobre o assunto. Muito interessante mesmo! Adorei.
    Quer saber mais? Gosto muito das suas novas ideias para o blog. HAHA. Só continue.
    Beijos,
    Sâm.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?

    Que post bacana. Gostei muito e percebi que também preciso deste curso. Que máximo. Haha.
    Quero, quero e quero muito fazer. E agora?
    Adorei o projeto. Parabéns. E espero ver muitas novidades por aqui.

    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Bacana este post, bem informativo.
    Eu mal consigo pronunciar Storytelling, mas pelo menos já sei o que significa hehe

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Nina que postagem interessante e muito construtiva, parabéns por trazer essa postagem e dividir seu aprendizado. Buscar por conhecimentos é sempre muito importante . beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  6. Oooooi
    Po, achei esse seu curso proporcionado pela faculdade MUITO interessante! Sempre quis participar de umas coisas assim que fizessem eu melhorar nas minhas atitudes, inibição, e tudo que ajuda demais no mundo de hoje em dia.
    Infelizmente nunca participei de algo assim semelhante e nem conhecia esse termo que voce abordou no texto, mas achei MUITO interessante
    Suuuuper beijo

    ResponderExcluir
  7. Olaaa
    Ótimo post e curso, fiquei bem curiosa, vou procurar saber mais haha

    Beijos
    Reality of Books

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Adorei o post, super informativo. Não posso deixar de comentar: amei o comercial de Eduardo e Mônica! :) hahhaha
    Espero conhecer mais posts desse projeto.

    Um beijo,

    dai
    Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
  9. Eu sou completamente apaixonada por Storytelling. Fiz minha monografia com esse tema, um estudo de caso sobre o The Lizzie Bennet Diares, que é um universo do storytelling um pouco mais complexo.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Nina!!!!
    cada vez que eu visito seu blog, fico totalmente encantada com ele <3 simplesmente amei o post! vou procurar saber mais sobre o tema, acho que pode me ajudar com alguns projetos pessoais.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Oi, Nina. Ótimo post, parabéns =) Gostei muito da ideia da série. Storytelling é super interessante e relevante. É uma maneira eficaz de se aproximar do (ou até mesmo se conectar com o) leitor/ouvinte. Fiz uma atividade parecida na faculdade e é bem mais difícil do que parece, mas acho que sempre temos que levar essas práticas do storytelling em mente \o Muito legais os exemplos que vc utilizou. beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bom?
    Eu sou nada criativa, mas adorei sua postagem por ser tão esclarecedora sobre um assunto que não domino. Entender melhor sobre Storytelling é ótimo para minha pós-graduação e adorei seu post. Já favoritei aqui para reler sempre.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Nina!!!
    Adorei as sua dica... não sabia nada disso e não conhecia o termo, mas gostei muito da forma explicativa que fez o post.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  14. Que barato! Uma vez fiz um curso de oratória. Aprendi muitas coisas interessantes. Seu post me acrescentou muitas outras sobre o tema! Adorei! *-*

    Sucesso com o projeto!
    Um beijinho!

    ResponderExcluir

Seu comentário é super bem-vindo. Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu o visitar assim que possível ;)