31 de março de 2016

#O que chegou por aqui? #4

Esse mês foi o mais "pobre" em termos literários, desde que comecei a coluna. Isso porque investi mais em roupas do que em livros e por causa da volta às aulas da faculdade. Mas, ainda assim, consegui destinar uma ~pequena~ quantia para a literatura. 

I. Decidi dar o ponte-pé no projeto #LeiaMulheres com a Woolf, porque eu já namorava esse exemplar lindíssimo da L&PM desde do ano passado. Mrs. Dalloway é o romance que mais tenho interesse em ler. Já o comecei e, até agora, ele está muito bom. Há quotes muito a minha cara, relacionados à solidão e melancolia.

II. Eu soube da existência de Simon vs. A Agenda Homo Sapiens, da Becky Albertelli, na pré-venda, pela página da Intrínseca. E, pelo fato de ser LGBT, já me interessou de cara. Eu já o li e posso dizer, com toda a certeza, que é uma história incrível e muito autêntica.  

III. Por Lugares Incríveis, da Jennifer Niven, já tinha sido recomendado por uma amiga no ano passado, mas eu demorei para comprá-lo por causa do preço não tão acessível. Acabei a leitura há alguns dias, e não consigo parar de pensar nessa história. É uma daquelas histórias lição de vida, encantadoras, que fazem uma marca na gente. Muito real e inspiradora


Passei algumas horas sozinha dentro da Biblioteca da PUCRS na terça-feira e tive bastante tempo para procurar livros. Terminei levando esses três:

VI. O Deus das Pequenas Coisas, da Arundhati Roy, me interessou pelo enredo simples, mas inspirador. O título e a capa contribuíram bastante. É uma história que fala bastante de angústia, perdas, mas de esperança. 

V. Já li Vaga Música, uma obra poética da Cecília Meireles, mas ainda não tive oportunidade de ler a prosa dela. A princípio, queria pegar a compilação de crônicas radiofônicas dela (chamada Escolha o seu sonho), mas a capa de Cecília Meireles - Obra em Prosa me agradou mais. Os textos são crônicas, que é um gênero que tenho aprendido a gostar cada vez mais por causa do Caio F.

VI. As Ondas, da Woolf, tem um papel muito importante dentro da narrativa de Por Lugares Incríveis (imagem acima) e, curiosa para ler mais quotes, resolvi procurar a obra. Fiquei muito feliz por tê-la encontrado, pois parece incrivelmente sensível. 

VII. O último volume de O Diário da PrincesaO Casamento da Princesa, da Meg Cabot, chegou pelo Correio por ser presente de uma amiga. No final do ano, organizei um amigo secreto com um grupo de escritoras que conheço já há alguns anos e calhou de a amiga que me tirou amar bastante a Meg também, então, eu meio que já previa que ganharia esse livro. A cartinha é impressa, porque veio diretamente da Saraiva, achei uma graça *-*

__

P.S.: para quem quer resenhas desses livros que posto nessa coluna, elas sairão gradativamente. Algumas já estão no rascunho ;)


Love, Nina :)

2 comentários:

  1. Confesso que nunca li um livro da série Diário da Princesa. Mas tenho tanta vontade que até quero começar a colecioná-los, eu era louca pelos filmes e agora que saiu a notícia que vão começar a gravar o próximo, animei mais ainda. rsrs

    Beijos, Thay.
    http://www.leitoranamoda.com

    ResponderExcluir
  2. Nem preciso dizer minha ansiedade pelos livros da Woolf. Mal posso esperar para você ler e podermos debatê-los! <3

    Beijosss
    Ruh Dias
    perplexidadesilencio.blogspot.com

    ResponderExcluir

Seu comentário é super bem-vindo. Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu o visitar assim que possível ;)