Editado por Alice Gonçalves . Tecnologia do Blogger.

#Top 5: quotes literários pt. I

by - abril 21, 2016


O Top 5, finalmente, voltou. Por um tempo, acabei me esquecendo dessa coluna, mas, organizando meus livros, me dei conta que marco muitos quotes. E que isso renderia alguma coisa para cá.

1. Do livro Fragmentos, de Caio Fernando Abreu
A verdade é que eu penei demais para encontrar um único quote do Caio. Já li três obras completas dele e, a cada uma lida, me encontro em infinitas encruzilhadas para encontrar o trecho com o qual mais me identifico. Escolhi este, pois ele é curto, direto e incrivelmente verdadeiro. A vida para Caio era doída e sinto que ela me dói também. E a morte - términos, adeus, abandonos, recomeços, partidas - é sempre o final da linha e o que mais tentamos nos distanciar. Sinto a morte todos os dias, por inúmeros motivos e, ainda assim, existe algo de inspirador nela. Ela não me dói tanto quanto a vida, porque, às vezes, temos de morrer pra saber que estávamos vivos. 

2. Do livro Fake, de Felipe Barenco
Um dos livros queer que mais me surpreendeu, por conseguir desconstruir vários padrões, pensamentos e "perfeições". Esse quote marca, inclusive, todo o propósito do enredo e é tão gracioso, que é impossível não o ler e não se identificar. Porque quantas vezes fingimos não sentir nada quanto ao amor - ou qualquer outro sentimento - e resolvemos camuflá-lo para não nos machucar (e/ou machucar o outro)? Ele lembra a todos nós que nos esconder é muito pior, porque ninguém vai conseguir descobrir quem somos e o que queremos. 

3. Do livro Todas as Estrelas do Céu, de Enderson Rafael
Li este livro há muito tempo, mas encontrei-o na minha estante e abri justamente na página marcada com este quote, que, na época, lembro que também foi o meu preferido. É uma pergunta bastante simples, mas que reflete no leitor aquela incapacidade momentânea de não conseguir decidir o que queremos ou o que faremos. Muitas vezes, temos inúmeras escolhas, mas talvez pelo desespero acreditamos que não temos nenhuma - ou que nenhuma é realmente viável. Além do mais, este quote me lembra demais um verso da música Poison & Wine, da banda The Civil Wars, que diz: I don't have a choice, but I'd still choose you. Eu simplesmente amo do fundo do meu coração esse verso e essa música, porque me lembra que sempre temos escolhas e que não fazer nada é sempre a pior opção. 

4. Do livro Harry Potter e a Ordem da Fênix, de J. K. Rowling
Harry Potter me ensinou grande parte das lições do começo da minha adolescência e este quote é um daqueles que sempre carrego em momentos ruins. Ele me faz refletir sobre esperança e sobre como, às vezes, queremos que as coisas aconteçam do nosso jeito, sem nos dar conta que tudo tem o seu curso natural - e que, irrevogavelmente, o que deixamos ir, ou perdemos reaparece um dia, de algum modo. Dito pela Luna Lovegood (), com certeza, ele reflete aquele raiozinho de luz em momentos obscuros. 

5. Do livro Quem é Você, Alasca?, de John Green
Este livro, depois de uma releitura, se tornou o meu preferido do autor, pois o propósito dele é inquietante e muito reflexivo. Este quote foi o que mais me marcou, a ponto de eu o ter decorado. Mais uma vez, reflete muito bem como me sinto. Às vezes, sinto tanto que, realmente, meu corpo sente igual, como se eu tivesse levado uma surra. O eufemismo, muitas vezes, não é totalmente aplicado enquanto vivência quando algo me dói. 

_

#Para ler os outros TOP 5: AQUI.

Love, Nina :)

You May Also Like

8 comentários

  1. Tds os quotes são tão lindos, tão significantes! Luna <3! Walk on, miga! Walk on!

    ResponderExcluir
  2. Oi gostei dos quotes, principalmente de Harry Potter e Quem é Você, Alasca?. Acho bem legal essa ideia de trazer quotes literários, e gostei da ideia da postagem, acho que vou copiar, posso?
    bjus

    ResponderExcluir
  3. <3 essa do HP me faz chorar até hoje.

    Ruh Dias

    ResponderExcluir
  4. Esse Top 5 ficou muito bom! Gostei muito do quote do livro Fake e vou procurá-lo já! Quero saber como são desconstruídos os padrões nesse livro! Obrigada pelas dicas! Bjss


    Leitora Compulsiva
    http://olhoscastanhostambemtemoseufascinio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. A de HP e a de Quem é Você Alasca? foram as que mais gostei ❤❤
    Todos os livros de HP são repletos de quotes quotes maravilhosooooos, os do John Green também tem um melhor que outro.
    Beijoos!
    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. curti o top 5 de quotes, e a que mais amei foi a de Caio Abreu, claro *--* <3
    Eu já li Fragmentos, é um livro maravilhoso...
    bjs ^^

    ResponderExcluir
  7. Nina, só conhecia o quote de HP.
    Achei o primeiro quote incrível!
    Adorei o top.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  8. "O cérebro entende a rejeição como uma dor física": vi em algum lugar dessa internet linda um artigo com esse título. Bem, eu acredito que não só a rejeição é compreendida como uma dor física. Às vezes, dói como uma surra, mas depois passa.

    Ainda não ouvi falar do livro "Fake". Amei o quote desse livro <3 Dá até pra fazer uma relação com o último quote da lista. Esconder seu verdadeiro eu é tão doloroso quanto uma surra. Lembrei de uma fala da Nomi, personagem da série Sense8: "A verdadeira violência, a violência que eu percebi que era indesculpável, é a violência que fazemos com nós mesmos, quando temos medo de ser quem realmente somos".

    Abraços,
    Karina do blog Eu e Minha Cultura.

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pelo comentário! Que tal deixar o link do seu blog para eu fazer uma visita a você depois? :D



INSTAGRAM