3 de agosto de 2016

#Primeiras impressões: Instituição para Jovens Prodígios #1


Lara é a irmã mais velha da família, a certinha e estudiosa. É uma personagem previsível em alguns aspectos (a inocência e a obediência), mas surpreendente em outros (a coragem e a determinação). Foi difícil para mim começar sequer a rascunhar essa resenha baseada em tão poucos capítulos, porque ainda é um desafio opinar sobre uma narrativa tão nacional, que cativa pelos elementos brasileiros, e que ainda tem muito mais a oferecer. 

Diferente das primeiras impressões de As GRANDES Aventuras de Daniella, eu não consegui elaborar meus pensamentos em tantos conjuntos sobre Instituição para Jovens Prodígios #1 - A Seleção, acho que porque, para mim, ainda falta muita coisa para ler. O que vemos neste primeiros capítulo é uma jovem protagonista que se equilibra entre seus pontos fracos e fortes, muito semelhante a quase todas as outras protagonistas do gênero de fantasia/ficção científica. Por ela ser adolescente, ainda há sub-tramas pessoais relacionadas ao amor. Essa parte, do amor, não me convenceu, porque em cinco capítulos, todas as cenas aconteceram muito rápidas, como uma ânsia de a personagem experimentar o sentimento, mas aí, ela o esquece, porque está envolvida com algo "maior". Este algo é uma bolsa de estudos para a Instituição para Jovens Prodígios. uma escola mundialmente importante e famosa, mas que, até então, só recebia alunos da França, Alemanha e Reino Unido. Lara se inscreve no processo seletivo, que reúne provas objetivas e práticas, mas crê que não tem uma real chance de vencer. 

flashbacks necessários sobre sua família, mas, às vezes, extensos demais e elementos ricos como a comicidade e a facilidade de se identificar com a história, por ser ambientada - neste início - no Brasil. A cadência é algo bastante presente na narrativa, o que faz com que a leitura seja ora rápida e ora mais lenta. Para o gênero, Instituição para jovens prodígios abarca alguns aspectos com os quais já estamos acostumados: ambientização, desenvolvimento gradual das personagens e aquela pitada de Fulaninha era alguém comum, até que... Coisas assim me cativaram durante a leitura e, claro, me fizeram lembrar de outros livros, como Harry Potter (que é uma referência esporádica na narrativa, inclusive). 

Em suma, é um livro válido se você gosta de YA's com aventura, romance e fantasia. Não fiquei louca para continuá-lo, mas ainda é um desejo finalizar essa história e conhecer mais sobre o mistério que a Instituição parece emanar. 

 /// 

I. A pré-venda do livro vai até 15/08 no SITE da Editora Essência Literária

II. Quer conferir mais sobre outras obras da autora L. L. Alves? Aqui:

14 comentários:

  1. Não tenho costume de ler YA não, mas ultimamente ando me aventurando em alguns e estou gostando bastante da experiência. E fiquei um pouco intrigado, pelo fato de você não ter ficado tão viciada na história, como eu fiquei devido a sua resenha. Mas espero que termine logo de ler o livro, para eu ter uma resenha inteira, e saber se eu devo ou não me aventurar na história.
    Leitor Irônico

    ResponderExcluir
  2. Oiii Nina, como vai?
    Eu não tenho muito interesse em YA, não consigo gostar, mas leria essa obra por curiosidade e por ser dessa autora tão querida <3 gostei muito de saber suas impressões. Confesso que fiquei com vontade algumas vezes de me aventurar.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Oi, lendo as suas primeiras impressões eu acabei desanimando de ler o livro, pois de inicio, a historia parece não animar, mas acho que lerei por causa do rebuliço que tem em volta desse livro e da autora, mas vou aguardar a resenha completa para conhecer melhor a obra.
    bjus

    ResponderExcluir
  4. Acho a ideia de fazer um post sobre as primeiras impressões é algo incrível mas um tanto quanto arriscado. De qualquer forma, achei ótimo os teus pensamentos desorganizados, haha. O livro já me atraíra anteriormente pelo fato de ser literatura nacional mas confesso que a capa me é um desagrado. Beijos e até mais.

    ResponderExcluir
  5. Olá, não estou muito na vibe de YA agora. Que pena que ele não te animou tanto a ler o resto da série. Vi um massivo marketing em cima dos livros porém até agora não me tocou de maneira a querer lê-lo. Sua resenha está ótima <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Nina, eu gostei muito de um detalhe do livro que você citou. Os flashbacks sobre a família. Um detalhezinho que faz diferença na obra, não é mesmo?
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Adoro um Y.A :)
    Sempre quis ler esse livro, mas ficava na dúvida se eram bom. Gostei das suas impressões e vou me arriscar a ler.
    Adorei seu blog, beijos.

    http://www.fabulonica.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá, Nina!

    Eu gostei muito da capa e achei a premissa interessante, de repente é um prato cheio para a galera de curte YA fantasia. Eu até leio YA de vez em quando, mas confesso que curto mais aqueles com dramas e com mais reflexão para os jovens e que eu possa tirar algo para trabalhar no futuro. Espero que você leia tudo e traga a conclusão para sabermos mais da trama.

    beijos
    http://chalecult.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Nina, eu acho a ideia da história incrível.
    Já tenho os três primeiros livros baixados, mas nada de começar.
    A pegada da fantasia é o que mais me agrada.
    Espero curtir quando começar a leitura.

    ResponderExcluir
  10. Olá adoro primeiras impressões...assim é fácil perceber como é uma determinada leitura no seu início...ela consegue prender o leitor logo no começo da história?

    Gostei da obra, vou aguardar mais informações.

    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Oi Nina, tudo bom? Eu gostei muito do seu post e conhecer esse livro, mas não fiquei tão interessada na leitura... vou aguardar sua resenha completinha dele para ver se mudo de ideia e leio. Espero que o livro consiga te envolver mais daí pra frente.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi Nina, eu tenho acompanhado as resenhas que tem saído sobre esta série/livro pois estou interessada nela. Apesar da sua ainda ser apenas as primeiras impressões, e não uma resenha completa, deu para sentir o que posso esperar do livro. Espero que a leitura finaliza de forma satisfatória para você.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Olá, sou louca para ler esse livro e assim como outros da autora estão na minha lista de desejados, a capa desse livro eu adoro demais e não vejo a hora de ter ele na minha estante, beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi, Nina! Tudo bem? Muito obrigada por ter participado de mais um projeto! :) Sei que os primeiros capítulos quase não falam nada sobre a história em si hahahaha Mas é o amor que Lara sente pela família que eu procurei deixar bem claro ao desenvolver a história mais gradativamente. É uma de suas características mais fortes e que será trabalha nos livros. Espero que tenha oportunidade de ler o livro completo em breve para saber sua opinião!

    Beijão!

    ResponderExcluir

Seu comentário é super bem-vindo. Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu o visitar assim que possível ;)