26 de novembro de 2016

#Essential book: novembro

Esse Essential Book demorou pra aparecer, porque demorei para ler o livro cuja temática do mês se encaixava. Eu estava um pouco dividida (quando é que não estou, não é mesmo?), mas resolvi dar uma chance a um novato, mas que ganhou rapidinho o meu coração <3

Como o tema de novembro é a essência da criança preferida, escolhi Em algum lugar nas estrelas, da Clare Vanderpool, por causa do personagem mirim Early Auden

A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas Jack Baker não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai... bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine (o mesmo estado onde vivem Stephen King e boa parte de seus personagens). O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno. Até ele conhecer o enigmático Early Auden. (leia + aqui)




Early não é o protagonista, mas se torna tão (ou mais) importante do que o personagem principal Jack. A relação de ambos começa muito relutante, especialmente por parte de Jack. Early não é um garoto popular, ou mesmo "neutro" na escola. Ainda assim, todos o tratam como se o fato de, de vez em quando, aparecer nas aulas não fosse algo tão sensacional. É muito aos poucos que eles se unem, às vezes à contragosto e com muitos julgamentos, mas no decorrer do livro aprendemos, junto com Jack, que Early é muito mais do que um garoto obcecado por coisas esquisitas. 

Uma das primeiras coisas que Jack descobre sobre Early é que o garoto acredita que o número pi é infinito, contradizendo o professor de matemática. Além disso, tem uma espécie de sexto sentido sinestésico, que o permite enxergar cores e texturas na sequência de pi. 

Depois de alguns dias de convívio, Early começa a contar uma história a Jack: sobre o número pi. Jack acha que a cabeça do garoto é bastante criativa e, por ora, não dá muito bola para o que ouve. Mas a história funciona: pi é alguém que se perdeu e precisa encontrar o caminho de volta para casa.

Na história de pi contada por Early, existe uma mãe-ursa. Além de ser concretamente uma personagem, também faz referência à constelação da Ursa Maior. Early diz que é a partir das estrelas e constelações que pi sabe o caminho de volta e que a Ursa Maior é sempre a guia.

Early, aos olhos de todos, têm atitudes e rituais excêntricos. Uma deles é como ouve música. Dependendo do dia da semana, ouve um cantor ou cantora específico, sendo que, quando chove, é sempre Billie Holliday e, aos sábados, é a folga musical. 
. . .

Espero que vocês tenham ficado com vontade de ler Em algum lugar nas estrelas, porque a estória é muito tocante, humana e poética.

///

I. O tema de outubro foi 
a essência do livro (ou duologia, trilogia, quadrilogia, saga) de fantasia
e você pode conferi-lo AQUI

II. Não deixe de conferir os fotografias das outras participantes: 

11 comentários:

  1. Nina minha querida, que postagem mais linda!!! Primeiro e como em todas as vezes, preciso lhe elogiar e dizer o quanto fiquei encantada com essas fotos e gostei muitíssimo de saber a sua opinião, a vontade de ler é grande.
    Beijinhos <3

    ResponderExcluir
  2. Ola
    Amei a produção que vc fez nas fotos.
    Seu post está lindo e a resenha me deixou muito curiosa.
    Anotei a dica.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Menina, tô louca por esse Livro! Alguém me dá de presente, por favor 💜💜
    Acho a edição linda e a história me parece ser maravilhosa.

    www.umdejulho.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, Nina.
    Que poético o tema desse mês. Imagino que não deva ter sido fácil escolher o livro, mas você fez uma boa escolha, pela sua resenha dá para perceber que é um livro bem tocante mesmo.
    As fotos ficaram ótimas.
    Abraços.

    Minhas Impressões

    ResponderExcluir
  5. Olá Nina, tudo bem?Amei a sua resenha parabéns. As fotos estão maravilhosas. Me dá umas dicas kkkkk. A obra parece interessante e sua apresentação me deixou curiosa. Dica anotada. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Moça que fotos mais lindas são essas! A minha favorita foi a do Pi, por no fundo eu ter um lado de exatas; esse livro está na minha lista de aquisições e depois dessa breve demonstração sobre a obra, quero MUITO compra-lo. Estou apaixonada.
    Beijos, Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogsot.com

    ResponderExcluir
  7. Oiii, que livro lindo!
    Capa linda! Premissa Linda!Pelo que pude perceber, repleto de sentimentos mesmo!
    Amei tua resenha e as fotos ficaram perfeitas, vou anotar a dica com certeza. Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oieee.
    Quando vi o lançamento desse livro, pensava que a temática da história seria outra e mesmo você gostando do livro, ele não me atraiu. Quem sabe numa próxima oportunidade eu venha a me interessar por ele.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Esse livro parece ser um encanto em todos os sentidos, tanto na premissa, na diagramação e no sentimento que ele passa, os personagens principais parecem ser crianças fascinantes e o livro realmente parece ser uma aventura mágica

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Amei essa sua postagem! Esse livro parece ser extremamente maravilhoso e morro de vontade de ler também, tenho certeza que você tem ótimos motivos para gostar desse personagem em especial.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Esses temas são bem interessantes, já vi algumas resenhas desse livro e ele está em minha lista de leituras, fora o trabalho gráfico, impressionante. Certamente se tivesse que indicar um livro com tal temática, seria A Fada que tem ideias.

    ResponderExcluir

Seu comentário é super bem-vindo. Não esqueça de deixar o link do seu blog para eu o visitar assim que possível ;)