#LeiaMulheres 2018


2017 foi o segundo ano que participei do Leia Mulheres. Não consegui completar toda a lista proposta, porque os escolhidos nacionais estavam bem caros e, de fato, meio inacessíveis. Ainda assim, a meta não desapareceu, pois eu acabo resgatando títulos que foram ficando para trás. 

Mas, em 2018, eu fui compilando a nova lista aos poucos. Eu já conheço alguns dos escolhidos e, inclusive, li resenhas. No entanto, sei que a minha experiência de leitura será única, de modo que não quis desistir de lê-los apenas por não serem uma novidade.

As escritoras escolhidas, confesso, não são muito diversificadas como no ano passado, no entanto eu fico feliz pelas temáticas escritas. Então, as narrativas são representativas: falam da emancipação feminina, da misoginia, da violência sexual, da violência social e da quebra dos conceitos de gênero. 


Encontrei A arte de ser normal totalmente por acaso, quando estava pesquisando livros LGBT's para incluir aqui. Ele me chamou atenção, especialmente, por falar da transexualidade, um assunto que leio muito pouco na literatura (de fato, o único livro que li sobre foi A Fera). 


Decidi ler a Carolina, porque já estava na hora. Apesar de quase ter selecionado a Jarid Arraes, percebi que seria mais desafiador ler O quarto de despejo. Acho que, assim como a maioria da população leitora, eu prefiro me distanciar de narrativas que abordem a pobreza, tanto por não ser a minha realidade, quanto por causa da angústia que sei que sinto ao lê-las. Mas, como a meta também é me desafiar a ler o que geralmente não leio, estou muito curiosa para fazer essa leitura.


Confesso que, apesar de conhecer a Patti de nome, nunca tive curiosidade de saber sobre sua vida ou escutar suas músicas. Mas, durante 2017, vi muito gente falando de Linha M e me fez ter muita curiosidade. No entanto, procurando sobre os livros, percebi que seria mais viável ler este, por ser o primeiro (talvez, cronologicamente, seja mais compreensível). Eu quase não leio biografias, apesar de gostar muito, e gosto muito desse tom auto-biográfico que sei que vou encontrar em Só garotos.


Conheci esse livro a partir de resenhas e, por causa da temática, me atraiu muito, sem falar nesse título totalmente intrigante e surpreendente. Por Vacas falar de uma realidade muito próxima, sei que será uma leitura que farei muito bem.


Descobri As garotas na página da editora e o título me chamou a atenção logo de cara. A narrativa, similar à contemporaneidade de Vacas, além de ser um YA, me convenceu muito rápido a querer lê-lo.


Eu já tive muitas oportunidades de conhecer poemas da Florbela, por causa de páginas e perfis feministas que dialogam com a literatura. No entanto, nunca li seus escritos de forma contínua. Decidi escolher a Antologia poética completa por me parecer mais proveitoso.


O que mais me chama atenção nas obras da Marcia é a intersecção da filosofia com o feminismo, abordagem que leio com frequência a partir de conteúdos feministas na web, mas nunca fiz uma leitura realmente condensada. Eu tenho muita base sobre os assuntos abordados em Feminismo em comum, mas gosto de analisar escritos de várias autoras, o que faz desse livro uma ótima oportunidade para ampliar meus conhecimentos. 


///

Quais mulheres escritoras vocês querer ler esse ano? Vamos trocar dicas!


Love, Nina :)

19 comentários:

  1. Olá!
    Legal o projeto! Confesso que não me identifico muito com esse tipo de leitura, sou mais das histórias, dos romances, das coisas mais fictícias, gosto de sair da minha realidade através da leitura. Mas acho muito legal ver como existem livros e projetos como esses!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como assim? Você entendeu o projeto? A proposta dele não é excluir gêneros literários, mas abarcar mulheres que façam literatura, independente do gênero que elas escrevem. À exceção do último, que é mesmo mais teórico, todos os outros são narrativas ficcionais.

      Love, Nina.

      Excluir
  2. Que bacana esse projeto, eu leio mas não tenho muitos livros assim de além de ser escrito por mulheres ainda falam dela. Parabéns, gostei muito!

    ResponderExcluir
  3. Acho legal o projeto e nós temos mesmo grandes escritoras que escrevem os mais diferentes gêneros. É importante apoiar as mais diferentes autoras e descobrir obras maravilhosas.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Não conhecia esse projeto, mas achei bastante interessante. Os livros que você escolheu parecem ser ótimos, vou pesquisar mais sobre eles.

    Beijinhos,
    http://livroseimaginacoes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oie, tudo bem?
    Eu adorei seu post! Não li nenhum dos mencionados, mas estou louca pra ler VACAS. Parecem ser obras empoderadas, e já adicionei vários títulos na minha lista!

    ResponderExcluir
  6. Oii, tudo bem?
    AMEI esse projeto, quase todos os livros da sua lista estão entre minhas próximas leituras hahaha esse ano pretendo ler algum livro da Isabel Allende, da Chimamanda, Virginia Woolf e Sylvia Plath e já anotei alguns outros do post que não conhecia. Espero que você consiga cumprir sua lista <3
    Beijos!
    Meio Wandinha

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Nossa, muito bacana esse projeto de ler livros nacionais. Eu leio mais livros nacionais que estrangeiros, hahaha. Adorei as escolhas!

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu acho este projeto muito bom. Uma pena que o valor dos livros tenha te atrapalhado no ano passado, mas que bom que vai repetir este ano.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    É sempre uma boa ideia incluirmos novos projetos e os antigos permanecerem também. Gostei da proposta desse, acho que estamos em constante desenvolvimento. Uma autora que deve ser bem interessante a leitura é a autora de Vacas. O nome acho estranho, mas todas as resenhas que li falam muito bem do desenvolvimento dos temas.
    Estou ansiosa para ler suas resenhas sobre esses livros.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  10. Dos livros mencionados conheço apenas dois, e apenas de ler resenhas, os demais são novidades. Confesso que não é um gênero que leio muito, tenho uma opinião meio peculiar sobre isso, então prefiro me manter de fora de leituras assim, mas sei que são conteúdos ricos e importantes. Vou aguardar sua opinião sobre eles.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá
    Que legal essa proposta mas não faço metas assim pois nunca as cumpro. kkkk.
    Tenho algumas mulheres que quero ler esse ano mas não coloquei como prioridades, conforme o ano for passando ai vou vendo se me chama a atenção ´pra iniciar a leitura, mas adorei o seu post.
    Bjus

    ResponderExcluir
  12. Concordo contigo, deixei de participar de alguns projetos justamente pelo preço dos livros nacionais, o que é uma pena. É o caso de quarto do despejo, o valor dele é um absurdo ): Espero poder conferir sua resenha a respeito!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Nina. Eu acompanhei algumas das suas leituras para o projeto no ano passado e foram ótimas dicas. Desse lista eu já conhecia o livro Vacas e estou muito curiosa com ele, parece ser um ótimo livro.

    ResponderExcluir
  14. Desde que ouvi falar do Leia Mulheres, adotei a proposta porque acredito muito na causa - inclusive, fiz uma reportagem sobre porque precisamos falar mais sobre isso. Ainda não fiz uma lista específica, mas já estou tentando incluir mais leituras escritas por mulheres no dia a dia. Tua lista tá muito boa!

    ;*

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    To conhecendo agora o projeto então não sei quantas mulheres lerei esse ano, confesso que não é algo que eu reparo, ou reparo e depois esqueço. Obrigada por me lembrar de tantas mulheres incríveis que até vou separar minha lista! Das citadas, tenho vontade de ler Carolina Maria de Jesus, ela tem uma história incrível!

    ResponderExcluir
  16. Olá, adorei o projeto e as dicas de leituras, desses livros eu já li A arte de ser normal e a autora conseguiu conseguiu construir um enredo bem bacana e ótimos protagonistas e um final fofo *-*

    ResponderExcluir
  17. Oii! Amei o seu post, eu só conhecia as autoras dos livros Vacas e As garotas, fiquei curiosa para ler as outras obras e conhecer a escrita delas, ainda mais por conta dos temas mencionados nas histórias. Dica anotada, bjss!

    ResponderExcluir
  18. sou apaixonada por Patti Smith,li os dois dela, espero que vc aprecie a leitura de Just Kids... <3
    Florbela não poderia faltar numa lista dessas, ô mulher maravilhosa *--*
    ô muito curiosa pra ler Quarto de Despejo...
    bjs ^^

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pelo comentário, mas, para evitar passar vergonha na internet, por favor, não seja machista, LGBTQAfóbico(a), ou racista. O mundo agradece :)

Qualquer preconceito exposto está sujeito à remoção.

Editado por Alice Gonçalves . Tecnologia do Blogger.